Seleçao > Tite

Desempenho ruim contra a Venezuela fez Tite tomar atitude que suprendeu a todos na Seleção Brasileira

Técnico falou sobre o primeiro tempo ruim que a Seleção Brasileira teve na Venezuela e o que fez para mudar

Tite exaltou o segundo tempo feito da Seleção Brasileira
Tite exaltou o segundo tempo feito da Seleção Brasileira

Tite explicou durante coletiva o que fez para mudar a Seleção Brasileira, que teve um primeiro tempo muito ruim em Caracas

A Seleção Brasileira venceu a Venezuela na noite do última quinta-feira (07), de virada, por 3x1, mas o primeiro tempo ruim da equipe de Tite chamou bastante atenção do torcedores nas redes sociais e do prórpio técnico, durante entrevista coletiva. Porém, ele também apontou o que fez no vestíario que supreendeu a todos e mudou o panorama da partida.

"Correto que não tivemos o processo de criação e conclusão, com exceção de 10, 15 minutos, que teve bola no poste. A Venezuela teve gol, terminou melhor no primeiro tempo. Tivemos segundo tempo de alto nível, com entradas de peças que nos deram desempenho para ter vitórias", iniciou o treinador, que emendou explicando sobre a conversa no vestiário.

"No intervalo, eu coloquei para eles: quando uma equipe não está bem, é sempre o conjunto. Eu falei: vocês precisam melhorar o desempenho individual de vocês. A estrutura e equilíbrio, são minhas. Mas vamos elevar o nível técnico, e a gente vai ter essas peças importantes que entraram. E nessa parcela de contribuição, vamos colocando jovens", comentou Tite.

Com as alterações feitas, o Brasil saiu de 1x0 contra, para 3x1 a favor e manteve os 100% de aproveitamento nas eliminatórias e foram justamente as mudanças e jogadores jovens que fizeram o técnico se derreter pela vitória em Caracas. "Esse jogadores jovens, vamos dando condições de colocá-los para jogar e ver suas próprias reações nos jogos", iniciou o treinador, antes de se atentar aos novos convocados.

O encanto de Tite pelos novatos

"Tivemos alguns jogadores que tiveram dois trabalhos táticos: Raphinha, Antony, Artur  [Cabral]. E esses momentos servem para botar na arena! Bota na arena para jogar! Eu estava falando com o Juninho antes, é isso que estamos fazendo. Nossas campnaha tem alguns desses momentos. E há oscilações, e elas são do jogo. Tem que ser cascudo", apontou Tite.

E é com esses jogadores jovens e "cascudos", que Tite terá um novo e difícil compromisso no próximo final de semana, quando a Seleção Brasileira vai à Barranquilla, encarar a Colômbia, às 18h, do domingo (10). Para esse jogo, Tite terá o reforço de Neymar, que esteve suspenso no jogo desta quinta.

Mais notícias do futebol brasileiro:

O motivo pelo qual a FIFA esculhambou a ideia de Mundial de Clubes no Brasil
Vai abandonar o PSG? A torcida do Flamengo aumenta a cada dia a ilusão de ter Neymar no Mengão

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias