Brasileiros pelo Mundo > Neymar

Neymar é o maior? A homenagem no Maracanã que nem Ronaldinho Gaúcho, nem Gabigol conseguiram ter mesmo ao jogarem pelo Flamengo

Neymar ganha homenagem inédita no Estádio do Maracanã e divide torcedores nas redes sociais

Neymar é homenageado no Estádio do Maracanã e causa polêmica
Neymar é homenageado no Estádio do Maracanã e causa polêmica

Neymar é um dos grandes jogadores da história do futebol e o principal nome atualmente do Brasil. Apesar de ter faturado dois títulos pela seleção principal, sua maior conquista com a Amarelinha foi pelas Olimpíadas 2016 no Rio de Janeiro, em que o Brasil levou a medalha de ouro em cima da Alemanha no Estádio do Maracanã. E a representatividade de Neymar será homenageada no estádio, antes mesmo da estátua de Zico.

O Estádio do Maracanã terá um espaço reservado para Neymar pelo ouro conquistado nos Jogos Olímpicos de 2016 e que já pode ser visitado a partir deste sábado (9). O espaço contará com a camisa utilizada por Neymar durante a final e autografada, além dos pés do craque que foram eternizados na calçada da fama do lendário estádio brasileiro.

Neymar está de volta à seleção brasileira. Após o craque do Paris Saint-Germain ficar de fora da partida contra a Venezuela na última quinta-feira (7) pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 no Catar, agora ele e o Brasil se preparam para enfrentarem a Colômbia nesse domingo (10), às 18h, no Estádio Metropolitano de Barranquilla, em Barranquilla, pela quinta rodada da qualificação, e que pode fazer o Brasil atingir os 30 pontos, a pontuação mágica que garantiu todas as seleções no mundial nas últimas Eliminatórias.

Neymar pode ultrapassar Pelé na seleção

Neymar persegue o recorde de Pelé como maior artilheiro da história da seleção brasileira na disputa que está 77 a 69 gols para Pelé, mas na quantidade de partidas, o atual camisa 10 deve deixar o rei para trás. Caso entre em campo nesse domingo (10), Neymar se tornará o quinto jogador com mais jogos na seleção com 114 jogos, atrás de Cafu (150 jogos), Roberto Carlos (132 jogos) , Rivellino (120 jogos) e Daniel Alves (120 jogos).

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias