Tecnicos

A desculpa de Jorge Jesus para pensar no Flamengo em 2022 após vaga na Liga dos Campeões

Jorge Jesus seria o técnico do Flamengo já em janeiro, mas sucesso do Benfica e fracasso do Barcelona arruinaram seus planos

Jorge Jesus "dá um tempo", mas não se esquece do Flamengo
Jorge Jesus "dá um tempo", mas não se esquece do Flamengo

Jorge Jesus era o principal alvo do Flamengo para comandar o Mengão em 2022 e reeditar o trabalho que fez entre 2019 e 2020 com cinco títulos conquistados em 13 meses, com uma Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro no período. Sua volta, porém, estava condicionada ao fracasso na Liga dos Campeões, algo que não aconteceu ao classificar o Benfica para as oitavas de final e eliminar o Barcelona.

Apesar de sucesso, Jesus não tira o Flamengo de seu horizonte

Jorge Jesus conseguiu atingir o patamar que esperava no Benfica ao classificar o clube para as oitavas de final da Liga dos Campeões e eliminar o gigante Barcelona. Como a negociação seria mais tranquila com a queda no torneio, a vaga trouxe preocupação para o Mengão, mas nada que assuste após Jorge Jesus afirmar que tem um contrato para cumprir até junho de 2022 e, a partir desse mês, poderia voltar ao Brasil.

Feliz com o mega salário de R$ 1,6 milhão por mês, mas pressionado pelos torcedores que devem dar uma trégua até fevereiro após a vaga na próxima fase da Liga dos Campeões, Jesus já não será o plano A do Flamengo que deve ter outro português em seu radar, Carlos Carvalhal, técnico do Braga que já se mostrou disposto a assumir o Flamengo após recusar convite em 2020.

A passagem de Jorge Jesus pelo Flamengo

Jorge Jesus não se esquece do Flamengo, mas não deve ser o novo técnico. Foto: Jornal O Dia

Segundo o site “Transfermarkt”, Jorge Jesus comandou o Flamengo em 52 jogos, 39 vitórias, nove empates e quatro derrotas, 121 gols marcados e 45 gols sofridos, com aproveitamento de 80,8%. A passagem do treinador português pelo Brasil abriu um marco no futebol brasileiro com o domínio português também na Copa Libertadores que seguiu com Abel Ferreira no bicampeonato continental em 2020 e 2021.

Romario Paz

Lic. em comunicação social, graduado pela Universidade Central do EquadorJornalista esportivo com experiência em Rádio Televisão e mídia digital. Boa pessoa para caramba!+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias