Seleçao > Copas Internacionais

Seleção Brasileira: o que a CBF falou para a FIFA por suspensão de jogo contra a Argentina pelas Eliminatórias

Confederação Brasileira de Futebol se manifesta no último dia determinado pela FIFA e ataca Argentina

CBF se posiciona sobre suspensão de Brasil e Argentina e envia carta para a FIFA
CBF se posiciona sobre suspensão de Brasil e Argentina e envia carta para a FIFA

Brasil e Argentina ainda fazem o clássico que ainda não acabou. No dia 5 de setembro, as duas seleções entraram em campo na Neo Química Arena, em São Paulo, para jogarem pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 no Catar, mas pouco antes dos cinco minutos de jogo a partida foi interrompida pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e suspensa posteriormente em um dos maiores vexames do futebol mundial. O caso foi para a FIFA e a Confederação Brasileira de Futebol deu sua versão.

A FIFA, entidade máxima do futebol mundial, deu o prazo até domingo (12) para todas as partes envolvidas se manifestarem, mas prorrogou até segunda-feira (13), dia em que a CBF enviou sua versão em forma de carta para o Comitê Disciplinar da FIFA e defendeu mais uma vez que não teve culpa nos fatos ocorridos, o que coloca a culpa integralmente na seleção argentina.

Segundo a CBF, todos os protocolos como mandante do duelo foram cumpridos e a entidade soube da situação irregular dos quatro jogadores argentinos que atuam na Inglaterra e não cumpriram a quarentena obrigatória de 14 dias no Brasil, depois de terem preenchido de maneira errada o formulário para as autoridades brasileiras em sua entrada ao país. Em resumo, a carta da CBF pede o W.O. da Argentina por não ter cumprido com seus deveres pré-jogo.

Quando o Brasil volta a campo?

A seleção brasileira volta aos gramados em outubro para mais uma rodada tripla das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 no Catar. Os adversários serão a Venezuela no dia 6, a Colômbia no dia 9 e o Uruguai no dia 13, sendo que apenas o último duelo será no Brasil, na Arena da Amazônia, em Manaus.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias