Seleçao > Copas Internacionais

Copa América 2021: os jogadores mais caros da competição; lista tem 5 brasileiros

Copa América 2021 no Brasil é o palco de craques como Neymar, Lionel Messi e Luis Suárez

Quem são os jogadores mais valiosos da Copa América 2021?
Quem são os jogadores mais valiosos da Copa América 2021?

A Copa América 2021 pode ser considerada a segunda maior competição continental de seleções do mundo, atrás somente da Eurocopa, pela quantidade estrelas, de craques que desfilam seu talento em campo pelas principais e mais vencedoras seleções como Brasil, Uruguai e Argentina. Em 2021, são muitos os grandes nomes que estão no Brasil para o torneio e que valem milhões de reais.

Entre os dez jogadores mais valiosos da Copa América 2021, seis são brasileiros, dois argentinos e dois uruguaios. Empatados na sétima colocação aparecem quatro nomes que valem cada um R$ 362,3 milhões, Alisson, Fabinho e Gabriel Jesus do Brasil e José Maria Gíménez do Uruguai. Na sexta colocação está o uruguaio Federico Valverde que tem valor de mercado de R$ 392,5 milhões.

Copa América 2021 é um show de valiosos craques. Foto: Copa America

Para iniciar o top-5 jogadores mais valiosos da Copa América 2021, um legítimo capitão, Casemiro da Seleção Brasileira que vale R$ 422,7 milhões na cotação atual. Na quarta colocação mais um brasileiro, Marquinhos, que vale R$ 452,9 milhões e é peça importante da Seleção Brasileira na campanha 100% vitoriosa até o momento.

Pódio tem maioria argentina e craques amigos na ponta

A segunda colocação está dividida entre dois argentinos que valem cada um R$ 483,1 milhões, Lautaro Martínez e Lionel Messi, dois grandes nomes do ataque argentino. E o jogador mais valioso da Copa América 2021 é Neymar, do Brasil, que tem valor de mercado de R$ 603,9 milhões e comanda a Seleção Brasileira em mais uma competição.

Ainda na seleção da Copa América formada apenas pelos mais valiosos de cada posição, a escalação ficaria com cinco brasileiros: Alisson; Emerson Royal, Marquinhos, José María Giménez e Renan Lodi; Casemiro, Federico Valverde e Ángel Correa; Lionel Messi, Lautaro Martínez e Neymar.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias