Seleçao

Os 8 recordes que podem ser quebrados na Copa do Mundo do Catar 2022

Os jogadores, equipes e treinadores que disputarão a Copa do Mundo de 2022 não apenas buscarão ser campeões, mas também deixarão um legado. Várias sequências, positivas e negativas, podem ser quebradas no Catar.

Aqui todos os recordes que podem ser quebrados
Aqui todos os recordes que podem ser quebrados

Uma Copa do Mundo sempre será um evento histórico. Os jogadores chegam à mais alta competição do futebol para deixar sua marca e se tornarem lendas do esporte. Na Copa do Mundo do Qatar de 2022, vários recordes podem ser quebrados. Por exemplo, Brasil e Alemanha buscam ser os times com mais jogos disputados na história do torneio.

Mais notícias sobre o futebol Brasileiro:

Chegou ao Palmeiras como craque custando milhões; hoje é considerado o pior jogador do time

No entanto, também há marcas negativas, como o México, que é o time com mais derrotas em todas as edições da Copa do Mundo. Além disso, poderia ser um ano inesquecível para o Equador, pois se chegar às quartas de final, estaria fazendo a melhor participação de sua história em uma Copa do Mundo para seniores.

Estes são os 8 recordes que podem ser quebrados no Qatar 2022:

 A equipe com mais jogos disputados:

 Brasil e Alemanha são candidatos constantes a vencer a Copa do Mundo. Por isso, não é de estranhar que sejam as equipas que mais jogos disputaram na história, ambas com 109 jogos. Ou seja, aquele dos dois que for mais longe no Qatar será o único a liderar este ranking. Além disso, a Argentina se tornará a terceira quando atingir 84 jogos na fase de grupos. O time com mais cartões amarelos e vermelhos Argentina e Brasil são os times mais indisciplinados desde que foram implementados

Os cartões amarelos e vermelhos:
Na Copa do Mundo de 1970 no México. Os jogadores 'albicelestes' receberam 123 cartões amarelos, enquanto os brasileiros foram expulsos 11 vezes. O Uruguai é o time que pode bater esse recorde no Catar, já que acumulou nove cartões vermelhos.

O jogador com mais Copas do Mundo marcando um gol:
O brasileiro Pelé, o alemão Uwe Seeler e Miroslav Klose e o português Cristiano Ronaldo são os únicos jogadores que marcaram pelo menos um gol em quatro edições diferentes da Copa do Mundo da FIFA. No Catar 2022, no que provavelmente será sua última Copa do Mundo, Ronaldo pode quebrar essa marca e se tornar o primeiro jogador a marcar em cinco Copas do Mundo diferentes.

 A equipe com mais derrotas:
O México tem a infame distinção de ser o time com mais derrotas na história da Copa do Mundo, com 27 derrotas. No ranking histórico são seguidas pela Argentina, com 23, e pela Alemanha, com 22. Além disso, o 'Tri' também detém o recorde de mais jogos disputados sem vencer o torneio, com 57. Os próximos da lista são a Suécia (que não classificou o Catar), com 51, e a Holanda, com 50.

O primeiro campeão estrangeiro DT:
Nas 21 edições das Copas do Mundo, uma seleção nunca foi campeã com um diretor técnico estrangeiro. No Catar, oito equipes das 29 classificadas têm treinador estrangeiro. Entre eles estão a Bélgica, treinada pelo espanhol Roberto Martínez; México, com o argentino Gerardo Martino; a anfitriã Qatar, com o espanhol Félix Sánchez; e Equador, com o argentino Gustavo Alfaro.

A equipe com mais finais perdidas:
 A Alemanha chegou a oito finais da Copa do Mundo, com um recorde de quatro vitórias e quatro derrotas. Os 'Teutões' são os que mais vezes foram vice-campeões, mas há duas equipas que podem igualar esta marca. Argentina e Holanda perderam três finais cada. No entanto, o 'albiceleste' ganhou duas Copas do Mundo, enquanto os holandeses nunca o fizeram.

O jogador de futebol com mais jogos disputados:
Se Lionel Messi chegar à final do Qatar 2022, ele se tornará o jogador com mais jogos na história da Copa do Mundo, com 26. O recorde pertence ao alemão Lothar Matthaus, que disputou 25 partidas em cinco Copas do Mundo. Messi também pode se tornar o argentino com mais jogos disputados, se disputar três partidas no Catar, superando os 21 de Diego Maradona.

Um treinador bicampeão:
Apenas um treinador conseguiu defender o título da Copa do Mundo. Foi Vittorio Pozzo, que venceu as Copas do Mundo de 1934 e 1938 com a Itália. Depois disso, o Brasil foi o último time bicampeão, em 1958 e 1962, mas o fez com dois diretores técnicos: Vicente Feola e Aymoré Moreria. Se a França vencer a Copa do Mundo no Catar, Didier Deschamps seria o segundo técnico bicampeão da história.

Mais notícias sobre o futebol Brasileiro:

Foi campeão pelo Flamengo cinco vezes e hoje é ciclista

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias