Seleçao > Tite

"Não sou hipócrita": Tite responde à posição de seu time na Copa América

O técnico brasileiro enfrentou a imprensa após a vitória sobre o Paraguai.

Foi mencionado que Tite sairia da seleção
Foi mencionado que Tite sairia da seleção

A polêmica continua e agora adiciona um novo embate com a imprensa brasileira. Desde que o Brasil foi confirmado como anfitrião da Copa América 2021, o clima na seleção de ‘Verdeamarela’ tem sido turbulento ainda mais. E depois da vitória (2-0) sobre o Paraguai, não só os jogadores falaram da participação no torneio, mas também o estrategista Tite, que chegou a dizer que poderia deixar o cargo.

O treinador já havia confirmado que continuaria liderando a seleção brasileira, mas em entrevista coletiva de Assunção tirou do ar alguns trapos sobre a atual situação que o país enfrenta diante do torneio, o que foi confirmado anteriormente na Colômbia. e Argentina.

“Não sou hipócrita, não sou alienada e sei o que acontece. Mas eu sei priorizar. A prioridade é o meu trabalho e a dignidade do meu trabalho ", disse o treinador a respeito dos próximos dias, tendo em vista que abre neste domingo contra a Venezuela.

Tite se pronunció sobre la situación que vivió en Brasil. (Foto: EFE)

Da mesma forma, Tite disse que "meu limite é a serenidade, a paz e a solidariedade", acrescentando que alguns meios de comunicação "colocam na boca palavras" que ninguém disse e não deram "informações verdadeiras".

“Pensei no trabalho, nas exigências que teria, a cada dia, a cada momento, quem ia jogar ... Peguei toda a minha energia e me concentrei nisso”, concluiu Tite, cujo Brasil lidera as Eliminatórias com pontuação perfeita , 18 de 18 possíveis.

Por meio de nota, os integrantes da ‘Canarinha’ expressaram sua posição sobre a organização da Copa América no Brasil durante a pandemia.

Tite com a seleção do brasil

“Temos a missão de cumprir a histórica camisa‘ verdeamarela ’, pentacampeã mundial. Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à seleção brasileira ”, afirmaram em nota divulgada em suas redes sociais após a vitória por 2 a 0 sobre o Paraguai, em Assunção, pela oitava jornada das eliminatorias.

A seleção da 'Seleção' se opôs à forma como a Conmebol conduziu a Copa América 2021 após as partidas da Argentina e da Colômbia, as sedes originais de um torneio que deveria ter sido disputado no ano passado.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias