Futebol Internacional > Jogadores

Gesto de Cristiano Ronaldo faz a Coca Cola perder milhões em poucas horas

O atacante de Portugal foi uma tendência nas redes sociais depois de retirar as garrafas de refrigerante de seu site na sala de conferências e trocá-las por água.

O sangue CR7 que afundou a Coca Cola
O sangue CR7 que afundou a Coca Cola

Na mais recente conferência de imprensa da selecção nacional de Portugal, antes de defrontar a Hungria pelo Europeu, Cristiano Ronaldo não se sentia confortável com a presença de garrafas de Coca-Cola ao seu lado. O atacante da Juventus fez um gesto que logo se tornou viral nas redes sociais.

O português mostrou seu desconforto e retirou as garrafas de Coca Cola para colocar uma de água. A ação portuguesa teve impacto na bolsa de valores. Às 15 horas na Europa, as ações da multinacional da bebida marcavam 56,10 dólares e, minutos depois do que Cristiano fez, as ações atingiam 55,22 dólares por ação.

Embora a cifra seja de apenas um dólar, no mercado de ações isso representa enormes quantias de dinheiro. Em cifras econômicas, a Coca Cola perdeu uma soma de 4 bilhões de dólares. Foi de 242 milhões para 238 milhões.

RONALDO causou a queda da Coca Cola

Reações em todos os lugares
A repercussão do que fez Cristiano Ronaldo não gerou apenas perdas de dinheiro, vídeos virais e memes. Muitos de seus fãs destacaram a ação portuguesa, comparando-o a Lionel Messi, que recentemente estrelou um comercial da Pepsi, marca rival da Coca-Cola.

Não é a primeira vez que a CR7 mostra publicamente sua rejeição às bebidas, em uma das muitas entrevistas, Cristiano revelou que tem problemas com refrigerante e seu filho: “Sou duro com meu filho. Às vezes ele bebe Coca-Cola e Fanta, come batatas fritas e sabe que não gosto. "

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias