Tecnicos

Flamengo: Domènec Torrent joga pressão para cima do Mengão na Libertadores e se irrita com craque que colocou tudo a perder

Ex-treinador do Mengão não cansa de falar do clube

Ex-treinador do Mengão não cansa de falar do clube. Foto: Goal.com
Ex-treinador do Mengão não cansa de falar do clube. Foto: Goal.com

Faz mais de cinco meses que a relação entre Flamengo e Domènec Torrent acabou. O técnico espanhol comandou o Mengão entre agosto e novembro do ano passado e acabou demitido após uma sequência de resultados ruins que culminaram na chegada de Rogério Ceni, atual treinador do clube. Mesmo assim, Dome continua sem clube e a falar por diversas vezes sobre o rubro-negro seja pelo lado bom, ou pelo lado ruim.

O técnico de 58 anos concedeu entrevista ao portal Goal e o Flamengo foi um dos principais temas da conversa. Em determinado momento, Domènec Torrent afirmou que foi injustiçado no clube e que as constantes trocas de técnicos no futebol brasileiro atrapalham demais a evolução do país pentacampeão, mas após as críticas, o espanhol se derreteu pelo clube.

Sem trocar palavras, Dome afirmou que o Flamengo é o maior e melhor clube da América do Sul e assumir um trabalho desse porte é a maior missão de um técnico sul-americano. O comandante também ressaltou que comentava com sua comissão técnica sobre o fato da pressão ser grande e equivalente ao time que tirou seu emprego.

Maior, melhor e também mais valioso

Como se não bastassem os adjetivos colocados por Domènec Torrent, o Flamengo também tem atualmente o elenco mais valioso do futebol americano com valor de mercado de R$ 831,7 milhões.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias