Série A > Copas Internacionais

Por que final da Copa América com público pegou a CBF desprevinida?

Governo Federal e Conmebol falaram que competição não teria público  

CBF foi pega de surpresa com anúncio do público no jogo entre Brasil x Argentina
CBF foi pega de surpresa com anúncio do público no jogo entre Brasil x Argentina

A final da Copa América 2021 entre Brasil x Argentina terá público, 10% da capacidade do Maracanã, após aprovação da Prefeitura do Rio de Janeiro. Mas por que, após a competição ser jogada com portões fechados, a Conmebol decidiu trazer o público para o Maracanã? 

Para a Confederação Brasileira de Futebol, a CBF, a decisão foi fruto da pressão feita pela Associação Argentina de Futebol, a AFA, para atender a torcida dos hermanos, de acordo com informações do jornalista Rodrigo Matos, do portal UOL. Inclusive, há informações que a entidade argentina já havia começado a distribuir cerca de 2 mil ingressos para convidados da associação. 

A Conmebol já havia tentado seduzir a CBF para que ela liberasse o público na grande decisão da Copa América, mas recebeu uma negativa. Então, a entidade máxima do futebol sul-americano foi pedir à Prefeitura do Rio de Janeiro, sem avisar a CBF e em caráter de excepcionalidade, para que houvesse público no Mário Filho.

Foto: Reprodução - Maracanã terá pouco mais de 7 mil torcedores no embate entre Brasil x Argentina

A confirmação de pouco mais de 7 mil torcedores no estádio foi confirmada na manhã desta sexta-feira (09), o que pegou desprevenida a CBF que ainda não sabe como fará a distribuição total dos convites a que tem direito, enquanto a AFA já soltou comunicado para que os argentinos residentes no Rio passassem no Consulado para retirar suas credenciais.  

Para entrar no Maracanã para assistir à final da Copa América precisarão passar pela testagem do exame PCR – em caso positivo, obviamente a entrada não será permitida. Nem o Governo Federal foi avisado com antecedência pela Conmebol, o que contrariou a promessa de que a competição não iria receber público, feita no anúncio de que o país iria sediar o torneio. 

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias