Série A

A revelação de Abel Ferreira sobre o que é necessário para ganhar a Libertadores

Treinador comentou sobre o que os jogadores precisam vencer para ser campeões da Libertadores, e não está falando do Flamengo

Técnico comentou sobre o verdadeiro adversário do Palmeiras na decisão da Libertadores
Técnico comentou sobre o verdadeiro adversário do Palmeiras na decisão da Libertadores

Abel Ferreira costumeiramente fala da importância de manter corpo e mente sãos, e apontou o caminho para ser campeão da América pela segunda vez seguida

Se você costuma acompanhar as coletivas de imprensa do técnico do Palmeiras, o português Abel Ferreira, sabe que existe um lema que ele costuma sempre enfatizar em suas falas: a força mental. É uma constante do treinador enfatizar que todos estejam bem psicologicamente e concentrados ao máximo no objetivo do Verdão, e não foi diferente na sua última entrevista coletiva.

Foto: Cesar Greco/Palmeiras - Abel Ferreira tem como lema o poder da mente como fator de decisão das partidas

Estamos calmos, trabalhamos muito, nos preparamos bem, seguimos o nosso plano e vamos desfrutar desta final com responsabilidade. Vamos procurar amanhã ter um dia inspirado, um dia em que possam estar com a mente e o corpo em equilíbrio e que deixem os corpos deles jogarem, porque são jogadores muito bons. Têm competência e qualidade”, afirmou Abel Ferreira.

Mente e corpo sãos

O português ainda torce para que o clima de tensão e expectativa que cerca a decisão de Montevidéu possa ser superada pela equipe e que, acima de tudo, eles mantenham a concentração, haja o que acontecer, colocando o nervosismo e  ansiedade como principais adversários do Palmeiras.

Foto: Cesar Greco/Palmeiras - Abel Ferreira se concentra em aprimorar a parte física e mental de seus jogadores para a decisão

Que eles consigam lidar com a tensão e impor o jogo deles. Aconteça o que acontecer, em cada momento do jogo, que deem o seu melhor. É isso que vou pedir aos jogadores, que proporcionem um grande espetáculo e que, no final, nosso propósito vença, é isso que nós queremos”, finalizou Abel Ferreira.

E é com muito pensamento positivo e controle das emoções que Abel Ferreira vai dirigir o Palmeiras na grande decisão da Libertadores e, quem sabe, extravasar suas emoções com o bicampeonato seguido da competição, a terceira do Verdão.

Foto: Reprodução - A força mental é uma constante nas coletivas de Abel Ferreira

Wesley Alencar

Jornalista desde 2017, formado pela Universidade São Judas Tadeu, e atuante como redator desde 2015. Passagens pelas rádios Max FM Cotia e Meteleco.net, além de outros portais de esportes e entretenimento. Cubro as principais informações de Flamengo, Palmeiras, São Paulo e Corinthians.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias