Qatar 2022

Enquanto Adriano faz propaganda de cerveja, a empresa que paga milhões a Ronaldo

Por Jorge Dias

Enquanto Adriano faz propaganda de cerveja, a empresa que paga milhões a Ronaldo

Ronaldo Fenômeno é garoto propaganda de diversas marcas

Síguenos enSíguenos en Google News

Adriano Imperador e Ronaldo Fenômeno são dois dos maiores centroavantes da história do futebol brasileiro. Após pendurar as chuteiras, ambos trilharam caminhos diferentes, enquanto Adriano vive a sua aposentadoria no Rio de Janeiro e se afastou do futebol profissional, Ronaldo segue envolvido com o esporte e é dono de Cruzeiro e do Real Valladolid, clube da Espanha, que briga para permanecer na La Liga. 

Entretando, os dois possuem algo em comum. Adriano e Ronaldo são garotos propaganda de diversas marcas. O Imperador é embaixador da Brahma, uma das maiores marcas de cerveja do mundo, e Ronaldo Fenômeno é o embaixador da Betfair, uma das maiores casas de apostas do mundo.

Mais notícias do Futebol Brasileiro: 

Enquanto no PSG ganha R$ 220 milhões, o salário de Neymar na Premier League

O problema absurdo que o São Paulo terá para escalar o time na Sul-Americana, desesperador

Além disso, Ronaldo Fenômeno é um dos poucos atletas no mundo a ter um contrato vitalício. Desde 1994, o brasileiro é patrocinado pela Nike, e no fim da sua carreira, o ex-centroavante assinou um vínculo permanente com a marca. De acordo com informações da imprensa brasileira, o Fenômeno recebe cerca de R$ 1 milhão mensais da marca. Roger Federer, Cristiano Ronaldo e Michael são outros atletas com contratos vitalícios.

Números de Ronaldo Fenômeno e Adriano Imperador

Adriano e Ronaldo tiveram carreiras de sucesso e estiveram entre os melhores jogadores do mundo. O Fenômeno foi eleito três vezes bola de ouro, e se não fossem as lesões, poderia ter sido mais. Ao todo, Ronaldo disputou 615 jogos, marcou 414 gols, e foi campeão das Copas do Mundo de 1994 e 2002. Adriano Imperador entrou em campo em 427 jogos, marcou 202 gols, e foi campeão brasileiro brasileiro pelo Flamengo em 2009 e pelo Corinthians em 2011.

 

Tópicos


Mais notícias