Qatar 2022

Ganhou Copa do Mundo, é dono do Cruzeiro e foi isso que acharam nas contas de Ronaldo

Por Romario Paz

Ganhou Copa do Mundo, é dono do Cruzeiro e foi isso que acharam nas contas de Ronaldo

Ex-astro da Seleção Brasileira é acusado de ‘blindagem patrimonial’ por fundo de investimentos 

Síguenos enSíguenos en Google News

Mestre nos dribles do futebol, agora Ronaldo Fenômeno driblou a Justiça Brasileira. Segundo o ‘Metrópoles’, o ex-jogador da Seleção Brasileira e ídolo do esporte acabou por conseguir ‘proteger’ seu patrimônio de R$ 1 bilhão de um bloqueio de bens para o quitamento de uma dívida em aberta ocasionada por um dos investimentos do craque. 

Segundo a reportagem, um fundo de investimentos, cuja a identidade foi preservada, processou a LIV Drinks, empresa do ramo de bebidas saudáveis, em mais de R$ 640 mil, após o não pagamento de uma dívida da marca. Ronaldo Fenômeno tem cerca de 25% das ações da empresa, e juntamente com outros sócios, foram acusados de dar prejuízo aos seus credores. 

A Justiça, por meio do desembargador, Heraldo de Oliveira, considerou que ficou demonstrada a “confusão patrimonial e o desvio de finalidade” de empresas para “frustrar o pagamento das obrigações assumidas pelos devedores” e permitiu a apreensão de recursos nas contas dos sócios da LIV Drinks. Essa é a segunda derrota do Fenômeno na Justiça.

Segundo o ‘Metrópoles’, apesar da fortuna avaliada em R$ 1 bilhão, apenas R$ 18 mil foram encontradas nas contas relacionadas a Ronaldo Fenômeno. O fundo de investimentos, acusou o craque de ‘Blindagem patrimonial’ para impedir o pagamento da dívida "Como se explica esse fenômeno de pessoas com altíssimo poder aquisitivo não possuírem saldo em contas? É, no mínimo, blindagem, para não dizer que há indícios de crimes comuns, fiscais e evasão de divisas”, afirmou.

Defesa de Ronaldo responde

Segundo a defesa de Ronaldo Fenômeno, o caso ainda não teve o trânsito em julgado, isso é, ainda não houve o esgotamento de recursos. E afirmou que, por se tratar de uma pessoa pública, foi requisitado o segredo de justiça até o fim do processo. A Justiça ainda vai deliberar sobre o novo pedido feito pela defesa do ídolo da Seleção Brasileira.


Mais notícias