Brasileiros pelo Mundo > Neymar

Neymar avisa Guardiola: "Não importa o que dizem as estatísticas"

O atacante brasileiro falou das chances do PSG contra o Manchester City na terça-feira, após a derrota por 2 a 1 em Paris. "Ney" minimizou os números ou as probabilidades

Neymar confía en la remontada del PSG ante Manchester City y avanzar a la final de Champions. (Foto: AFP)
Neymar confía en la remontada del PSG ante Manchester City y avanzar a la final de Champions. (Foto: AFP)

Neymar, discreto na primeira mão das meias-finais da Liga dos Campeões frente ao Manchester City (derrota por 2-1), prometeu ser "o primeiro guerreiro para o combate" na segunda mão desta terça-feira em Inglaterra, em palavras publicadas pelo PSG no seu local na rede Internet.

"Tivemos uma primeira mão muito difícil contra o Manchester City, mas temos de acreditar, não importa o que dizem as estatísticas ou a nossa percentagem de hipóteses de vitória", lançou ‘Ney’ dois dias antes da nomeação no Estádio Etihad.

“Acho que todo parisiense tem que acreditar em nós. Estou na linha de frente e serei o primeiro guerreiro a entrar em combate pela equipe. Vou dar o melhor de mim e tudo farei para trazer essa classificação aconteça o que acontecer, mesmo que tenha que morrer em campo ”, acrescentou Neymar.

Esse tom belicoso ocorre enquanto os parisienses, que se diluíram no segundo tempo da primeira mão, partem em desvantagem para chegar à final da Liga dos Campeões em 29 de maio, em Istambul, que seria a segunda consecutiva para o PSG, após a derrota do ano passado contra o Bayern de Munique em Lisboa (1-0).

No sábado, contra o Lens, os parisienses sofreram ao vencer por 2 a 1 na Ligue 1, e Neymar negou falta de força. "Uma grande parte da equipe estava um pouco cansada, mais mentalmente do que fisicamente", disse ele.

Neymar en duvida

Depois de testemunhar a qualificação do Barcelona para a final da Liga dos Campeões Femininos, precisamente perante o PSG, Leonardo foi consultado sobre a situação do '10' dos parisienses e respondeu com cautela aos microfones de 'El Chiringuito'.

"É preciso ver tudo com calma", disse o diretor esportivo do PSG à citada mídia no aeroporto El Prat de Barcelona. Se há alguns meses os franceses acreditavam que tinham Neymar segurado, a realidade hoje é diferente, pois o clube do Barça colocou o jogador paulista em sua lista de prioridades.

De acordo com o 'RAC 1' da Catalunha, o presidente Joan Laporta não demorou a iniciar as negociações. Por enquanto, o Paris Saint-Germain disse 'não' aos primeiros contatos do Barcelona, mas os catalães não pensam em desistir.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias