Brasileiros pelo Mundo > Brasileiros Pelo Mundo

Dica: Thiago Silva lembrou do PSG nas comemorações com o Chelsea pela Champions League

Thiago Silva deseja que seu ex-clube, o PSG, também vença a Liga dos Campeões em algum momento

O brasileiro Thiago Silva sagrou-se campeão da Liga dos Campeões.
O brasileiro Thiago Silva sagrou-se campeão da Liga dos Campeões.

Thiago Silva viveu momentos especiais com a camisa do PSG, clube que defendeu por oito temporadas. Por isso, em meio às comemorações pela conquista da Liga dos Campeões com o Chelsea, o zagueiro se referiu aos franceses e à luta constante para ter o tão esperado ‘Orejona’ em suas mãos.

Em geral, o brasileiro sempre recebeu um bom tratamento da torcida. No entanto, a história mudou cada vez que a equipe não conseguiu vencer a Liga dos Campeões. O experiente lamentou esses episódios, mas deseja que um dia possa ter a sensação de levantar a taça.

“Sempre que o PSG era eliminado, as pessoas ou parte do clube tentavam sempre encontrar um culpado e sempre fui eu. É uma pena, eu realmente dei tudo de mim e não gostei. Espero que eles possam realizar esse sonho, deixei muitos amigos lá ”, comentou.

Thiago Silva comemorando com o Chelsea.

Em seguida, o sul-americano destacou o trabalho do técnico Thomas Tuchel, que assumiu o comando da primeira equipe ‘azul’ no início do ano e do mesmo técnico que decidiu deixar o PSG no ano passado. Claro que o defesa-central não se esqueceu de Frank Lampard, DT com quem iniciou a campanha.

“Tuchel mudou tudo: em 6 meses, a mentalidade da equipe. Este é o momento mais importante da minha carreira, é inesquecível. Também é importante falar sobre Lampard, sem ele teria sido difícil contratar Thiago Silva. Agradeço a ele por me deixar vir para o Chelsea, hoje estou muito feliz, espero que ele também ”, acrescentou.

Thiago Silva no dia de sua apresentação no time ingles.

Thiago Silva também analisou a partida contra o Manchester City, que não conseguiu finalizar devido a lesão. “Não poderia continuar e correr riscos depois de tudo o que fizemos para chegar aqui. Mas estou feliz porque a equipe manteve a paz, defendemos bem, sofremos muito, mas contra o City temos que sofrer, e sofremos muito ”, disse.

Finalmente, o jogador só assinou por um ano com os ‘Blues’ e sua estadia em Londres não está totalmente clara. "Futuro? Veremos, não podemos dizer agora, temos de pensar época após época para saber exactamente o que pode acontecer ”, concluiu o técnico de 36 anos.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias