Série A > Corinthians

Sonho do Corinthians descartou clube para ter férias e irrita torcida

Após descansar, treinador aceitou o convite do Flamengo

Torcida do Corinthians na Neo Química Arena
Torcida do Corinthians na Neo Química Arena

Durante o tempo em que ficou sem técnico, após a demissão de Wagner Mancini, o Corinthians olhou atentamente ao mercado buscando um nome ideal para dirigir a equipe no restante da temporada 2021 e um dos alvos foi o técnico Renato Portaluppi, que havia deixado o comando técnico do Grêmio, semanas antes. 

Houve uma negociação conturbada, arrastada, com divergências nos valores negociados e, no penúltimo final de semana de maio, o Corinthians deu como encerrada a negociação após não chegar num denominador comum com o técnico. 

O técnico então, na coletiva de sua apresentação como novo treinador do Flamengo, pouco mais de um mês da situação envolvendo o alvinegro, relatou o verdadeiro motivo por não ter dado certo a negociação. "Quando saí do Grêmio, a primeira coisa que fiz foi entrar de férias”, iniciou.

Foto: Reprodução - Clube e técnico negociaram, mas não chegaram num denominador comum

“Foram cinco anos, precisava curtir um pouco minha família. Recusei convites de Santos e Corinthians porque eu precisava de férias. No momento que descansei, apareceu o convite do Flamengo. Essa oportunidade eu peguei. Já descansei e estou realizando meu grande sonho", falou Renato Gaúcho. 

Após o desacerto com Renato Gaúcho, o Corinthians acertou a contratação de Sylvinho, cria da casa e ex-assistente de Tite no Timão. Com um começo conturbado, com derrotas e eliminação da Copa do Brasil, o clube vem se acertando com o novo comandante e está no meio da tabela do Brasileirão. 

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias