Qatar 2022

Este é brasileiro de Seleção que elogiou a torcida que foi racista com Vini Jr, chocante

Por Tomas Porto

Este é brasileiro de Seleção que elogiou a torcida que foi racista com Vini Jr, chocante

No confronto entre Valencia e Real Madrid no último domingo, a vitória do Valencia por 1 a 0 não foi o principal destaque no Mestalla

Síguenos enSíguenos en Google News

No confronto entre Valencia e Real Madrid no último domingo, a vitória do Valencia por 1 a 0 não foi o principal destaque no Mestalla. Infelizmente, Vinícius Jr, jogador do Real Madrid, foi alvo de injúrias raciais por parte da torcida da casa durante grande parte do jogo, além de enfrentar uma expulsão nos acréscimos da segunda etapa.

Após a finalização da partida, Vinícius Jr recebeu apoio de clubes, personalidades do futebol e até mesmo do adversário Mouctar Diakhaby, mas um compatriota não seguiu a mesma linha de pensamento. Gabriel Paulista, zagueiro do Valencia e que estava suspenso devido a uma expulsão na rodada anterior, usou suas redes sociais para encerrar o clima no Mestalla.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Finalmente revelada a possível pena de Daniel Alves caso seja condenado, perdeu a carreira

Daniel Alves hoje está preso, mas este seria o motivo para Vini Jr simpatizar com ele

Em sua história, Gabriel teve uma espiral do artista Lázaro dela Peña, mostrando uma das partidas anteriores ocorridas no estádio, e escreveu a legenda "Mestalla, você é f***", logo após o jogo. Além disso, em resposta a um post de um torcedor em defesa dos aficionados, o zagueiro rejeitou os gritos de "mono" (macaco em espanhol) e afirmou que a palavra cantada pelos torcedores era "tonto" (bobão).

Gabriel Paulista alegou que chamar uma pessoa de "tonto" é bem diferente de "mono". Ele afirmou que se houver alguém que tenha sido racista, essa pessoa deve ser responsabilizada. O zagueiro explicou que sua postagem foi em manifestação à vitória e elogiou a torcida, afirmando que foram fundamentais para o momento de sair da zona de rebaixamento.

É importante destacar que no confronto anterior entre Real Madrid e Valencia, disputado no Santiago Bernabéu em fevereiro deste ano, Gabriel Paulista foi expulso após uma entrada dura em Vinícius Jr aos 26 minutos do segundo tempo. Os merengues já estavam vencendo o jogo por 2 a 0, com Vini marcando um dos gols, e os dois jogadores brasileiros discutiram após a falta cometida.

Vinicius Junior deve ser exemplo de combate ao racismo

O episódio de injúrias raciais sofridas por Vinícius Jr conseguiu a persistência de comportamentos discriminatórios no futebol e a necessidade contínua de combater o racismo em todas as suas manifestações. É crucial que as autoridades e os clubes tomem medidas concretas para punir os responsáveis e garantir um ambiente inclusivo e respeitoso para todos os jogadores e torcedores.

Tópicos


Mais notícias