Jogadores

Yuri Alberto fala a verdade que ninguém teve coragem sobre Mano Menezes

Por Jorge Dias

Yuri Alberto fala a verdade que ninguém teve coragem sobre Mano Menezes

Yuri Alberto e Mano Menezes discutiram e agora a verdade foi revelada

Síguenos enSíguenos en Google News

O clima de trabalho no Corinthians está melhor. Com a estreia do treinador português António Oliveira, no Campeonato Paulista, o Corinthians venceu a Portuguesa pelo placar de 2x0 com gols de Maycon e Yuri Alberto, e dessa forma, voltou a ganhar depois de cinco derrotas consecutivas. O resultado ajudou o Timão a deixar a zona de rebaixamento e os torcedores já sonham com uma vaga para a próxima fase do Paulistão.

Um dos personagens da partida foi o atacante Yuri Alberto. Ele fez o segundo gol que decretou a vitória do Corinthians, e ainda por cima, foi eleito o craque da partida. No final da partida, Yuri considerou sua exibição como uma vitória pessoal. Ele foi um dos alvos pelo começo de temporada ruim do Timão e sofreu com muitas críticas tanto dos torcedores quanto da imprensa.

Logo, Yuri Alberto em entrevista comentou: “Claro que a gente fica chateado, não sou uma máquina. Lógico que sinto, tenho sentimentos e estava chateado. A chateação desanima e a raiva te motiva, então queria mostrar que tinha a capacidade de entregar o que entreguei quando cheguei aqui e acostumei a torcida. Fico muito feliz, foram momentos difíceis que passei, de muita perseguição e humilhação. Só agradecer a Deus e minha família.”

Um momento que marcou Yuri Alberto aconteceu na partida contra o São Bernado. O camisa 9 do Corinthians, após ter cometido uma falta no setor ofensivo, foi chamado por Mano Menezes que lhe disse: “Você é burro? Você é burro?”. Dessa maneira, a declaração de Mano repercutiu mal. Agora, Yuri Alberto revelou a verdade.

Yuri Alberto comenta sobre discussão com Mano Menezes

Então, Yuri Alberto falou sobre o momento com Mano Menezes: “Cara, foi uma infelicidade dele e, graças a Deus, na hora que saí do campo eu já fui e resolvi com ele ali. Eu falei que não precisava daquilo e ele também se desculpou comigo, porque estava muito nervoso ali no momento do jogo. Na carreira do jogador sempre tem isso, o bom é a gente minimizar, quanto menos vezes houver esses momentos na vida do jogador, melhor.”

Para continuar a recuperação na temporada, o próximo desafio do Corinthians será contra o Botafogo-SP na quarta-feira (14), às 21h35, no Estádio Santa Cruz.


Mais notícias