Brasileirão

Loucura, a crise na Argentina que ajudará o Corinthians a contratar estrela de graça

Por Tomas Porto

Loucura, a crise na Argentina que ajudará o Corinthians a contratar estrela de graça

Matías Rojas, um destacado jogador da primeira divisão do futebol argentino, está prestes a deixar o Racing de forma gratuita

Síguenos enSíguenos en Google News

Matías Rojas, um destacado jogador da primeira divisão do futebol argentino, está prestes a deixar o Racing de forma gratuita ao término de seu contrato, em 30 de junho, e o destino mais provável é o Corinthians. No entanto, surge a pergunta: por que o clube de Avellaneda não renovou seu contrato anteriormente? A resposta envolve, entre outros fatores, a crise econômica vivida pela Argentina.

O país tem enfrentado dificuldades financeiras, inclusive com a existência de um mercado cambial paralelo, conhecido como "câmbio blue", no qual a taxa de câmbio para o dólar é o dobro da oficial. Essa situação afeta diretamente a capacidade dos clubes argentinos em competir com times do Brasil e de outros países. Por exemplo, alguns jogadores assinam contratos em dólares, mas recebem em pesos. Com a desvalorização da moeda local, o salário desses atletas aumenta a cada mês, já que a maior parte da receita dos clubes é em pesos.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Ganhou 1 milhão no Corinthians, faltou respeito e agora vai se tornar ídolo no São Paulo

Lesão de Arboleda confirmada no São Paulo, agora Dorival quer zagueiro do Manchester City

Desde o ano passado, clubes de outras nações têm monitorado Rojas, oferecendo propostas financeiras mais vantajosas do que as possibilidades do clube argentino. Do ponto de vista econômico, é improvável que o jogador permaneça no país. O Racing tentou manter Rojas ao oferecer um substancial aumento salarial, que poderia torná-lo o jogador mais bem pago do elenco. No entanto, as negociações não avançaram, e a questão foi sendo adiada até a proximidade do fim do contrato.

Em janeiro deste ano, Matías recebeu uma oferta do futebol do Catar, mas a recusou, o que prejudicou a relação entre as partes. Essa investida poderia ter rendido dinheiro ao Racing. Com isso, o clube argentino viu suas chances de lucrar com a saída do jogador diminuírem, o que torna a situação ainda mais complexa.

Rojas segue próximo do Corinthians

Diante desse cenário econômico e das oportunidades financeiras mais atrativas oferecidas por clubes estrangeiros, é provável que Matías Rojas siga para o Corinthians ao final de seu contrato com o Racing. A crise econômica da Argentina, a desvalorização do peso e as dificuldades dos clubes argentinos em competir com times de outros países têm sido fatores determinantes para a provável saída do jogador para o exterior.

Tópicos


Mais notícias