Brasileirão

A lista negra de Sampaoli, os jogadores que irão deixar o Flamengo, é chocante

Por Jorge Dias

A lista negra de Sampaoli, os jogadores que irão deixar o Flamengo, é chocante

Rubro-Negro pode ter algumas baixas nesta janela de transferências

Síguenos enSíguenos en Google News

O Flamengo segue se movimentando na janela de transferências. O clube já anunciou a chegada do goleiro Rossi, do Boca Juniors e do atacante Luiz Araújo, que estava no Atlanta United. Além disso, o Rubro-Negro negocia com Nicolas De La Cruz, do River Plate e com Allan, do Atlético-MG. 

Por outro lado, o Flamengo deve perder alguns jogadores para o restante da temporada. O mais provável é que Marinho deixe o Rubro-Negro ainda no meio de 2023, o atacante vem sendo pouco aproveitado, e nesta segunda-feira ele foi multado e afastado após ter recusado viajar com o elenco para o Chile, onde o time enfrentou o Nublense na semana passada.

Mais notícias do Futebol Brasileiro: 

A atitude de Abel Ferreira que agora coloca o Brasil todo contra o Palmeiras, é revoltante

Ronaldo e R Gaúcho foram lendas, mas a fortuna de um é muito maior que a do outro, bizarro

Além de Marinho, o zagueiro Pablo também deve deixar o Flamengo no meio da temporada. O defensor vem sendo pouco utilizado e é uma das últimas opções de Sampaoli. Filipe Luís é mais um nome que não permanecerá no Flamengo, entretanto, o experiente lateral continuará até o fim do ano, quando deve se aposentar. 

O objetivo do Flamengo é aliviar a sua folha salarial e possibilitar a chegada de novos nomes. De La Cruz, por exemplo, tem um salário de R$ 900 mil no River Plate, e não assinaria por menos que isso com o Rubro-Negro

Fabrício Bruno fez duras críticas ao time

Após o empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, Fabrício Bruno, zagueiro do Flamengo, fez duras críticas ao time. “Falar em constância, a gente precisa ter. Mas não é só falar, tem que manter a constância no nosso ritmo de trabalho. Eu cobro lá dentro, a gente não pode fazer um grande jogo como fez no Fla-Flu e depois fazer três jogos, com todo respeito, de m...”.

 

 


Mais notícias