Série A > Flamengo

Uma fortuna jogada no lixo; os milhões que o Flamengo perdeu por culpa de Marcos Braz

Gastos de Marcos Braz com treinadores tiram milhões do Flamengo

Marcos Braz e os milhões que desperdiçou no Flamengo
Marcos Braz e os milhões que desperdiçou no Flamengo

O Flamengo viveu um ano mágico em 2019 sob o comando do técnico Jorge Jesus. As conquistas do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores marcaram época no clube, mas o treinador português deixou o clube em 2020 após receber proposta do Benfica.

Mais notícias do futebol brasileiro:

Descartou o Flamengo por dinheiro; o rival do Rubro-Negro que sonha com Michael

Após a saída de seu lendário treinador, o Flamengo nunca mais conseguiu encontrar um novo técnico que mantivesse o nível do antecessor. Em 2020, o Rubro-Negro contratou o catalão Domenèc Torrent, que foi auxiliar de Pep Guardiola, mas não deu certo e foi demitido após cerca de cinco meses.

Posteriormente, o Flamengo contratou Rogério Ceni, que foi campeão brasileiro em 2020 pelo clube, mas foi demitido meses depois. Em 2021, Renato Gaúcho comandou o time em dois vices, no Campeonato Brasileiro e na Copa Libertadores. Deixou o cargo após a derrota para o Palmeiras na decisão continental.

Flamengo perde milhões

As demissões destes treinadores custaram aos cofres do Flamengo um total de 17 milhões de reais, por conta de multas de rescisão de contrato. Apontado como culpado, Marcos Braz prega pela manutenção do técnico atual, o português Paulo Sousa, para evitar lidar novamente com cifras milionárias decorrentes de demissões.

Mais notícias do futebol brasileiro:

O substituto perfeito de Andreas Pereira no Flamengo que está ‘dando sopa’ no mercado

Romario Paz

Lic. em comunicação social, graduado pela Universidade Central do EquadorJornalista esportivo com experiência em Rádio Televisão e mídia digital. Boa pessoa para caramba!+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias