Série A > Palmeiras

Uma final antecipada da Recopa? O argentino que desencadeou uma crise no Palmeiras dias antes de disputar a final da Libertadores

Tomás fez o Bragantino 4-2 contra o Verdao e uma briga coletiva estourou. E em que momento

Palmeiras e Bragantino vão jogar a final da Conmebol
Palmeiras e Bragantino vão jogar a final da Conmebol

Para não acreditar. Em 33 dias eles vão jogar a final da Copa Libertadores, mas sua torcida está mais quente porque não bate na bola no Brasileirão. “Time sem vergonha” gritou -entre apitos- o palmeirense aos seus jogadores após 2 a 4 no Allianz Parque de São Paulo contra um Red Bull Bragantino, por sua vez finalista da Copa Sul-Americana, que acertou um bom tapa. E com um gol argentino no meio.

Diante de quase 9.000 espectadores, o Palmeiras do português Abel Ferreira completou quatro jogos sem vencer no Brasileiro. A nova derrota o tira do título após as vitórias do líder Atlético Mineiro e do bicampeão Flamengo. Assim, o Verdao completou seis jogos sem vencer (três derrotas, três empates) entre o campeonato brasileiro e a Copa Libertadores, em que disputará a final com o Fla no dia 27 de novembro, no estádio Centenário, em Montevidéu.

Dupla de Artur e gols de Tucumán Tomás Cuello e Ytalo sentenciaram a partida a favor dos homens de Mauricio Barbieri, quinto do Brasileirão, a 15 pontos do líder. Dudu e Raphael Veiga descontaram para os cariocas, que estão em terceiro lugar com 39 pontos, 14 a menos que Galo (53), na ausência de treze jogos para o final do torneio.

Quem é Cuello?

Cuello é meio-campista da categoria 2000. Estreou-se na Primeira Liga do Atlético Tucumán em 2017 (x San Lorenzo), sendo o primeiro argentino nascido no século 21 a se batizar no futebol grande. Vice-campeão da Copa Argentina de 2017 com o Reitor, foi para Bragantino no início de 2020.

O líder Atlético Mineiro deu um passo firme ao vencer o Ceará por 3 a 1 em Belo Horizonte. A temível dupla Diego Costa-Hulk marcou para o El Galo (com 82 'de Matías Zaracho e 28' de Nacho Fernández), enquanto Gabriel Lacerda descontou para a visita. O XI do Cuca parece muito sólido para quebrar a seca de 50 anos sem vencer o Brasileirão.

Porém, o bicampeão Flamengo, de Renato Portaluppi, não perde as esperanças de conquistar a tríplice coroa. O popular clube carioca venceu a Fortaleza do argentino Juan Pablo Vojvoda por 3 a 0, uma das revelações do campeonato, no estádio do Castelão.

Pedro e Michael, em duas ocasiões, deram os três pontos a Mengão, que superou as ausências de várias de suas figuras, como Gabigol, Everton Ribeiro ou o uruguaio Giorgian de Arrascaeta, concentrando-se com seus times para disputar as Eliminatórias Sul-americanas. Com a vitória, os rojinegros ficaram na segunda posição com 42 pontos, embora tenham dois jogos a menos que o Mineiro.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias