Série A

"Jogador que antes podia vir pode não vir mais", Textor explica desistência de ex-jogador; confira

Manda-chuva do Fogão falou sobre a situação no Seleção Sport TV

John Textor
John Textor

O proprietário do Botafogo, John Textor foi entrevistado nesta quinta-feira (23) no programa Seleção do Sport TV e falou sobre a invasão no CT Lonier, que aconteceu recentemente e causou um alvoroço em General Severiano, “O jogador que antes podia vir pode não vir mais por causa daquele dia (da invasão).”, declarou Textor sem nomear o atleta que estava sendo sondado pelo clube.

Mais notícias do Futebol brasileiro:

Globo aumenta proposta por Copa do Brasil e cria guerra nos bastidores; entenda o caso

Segundo o magnata, o episódio afugentou a estrela que seria contratada e estava animada para jogar no Rio de Janeiro, “Eu peço que os torcedores apoiem nossos jogadores e pensem como podem ajudar esses jogadores. Segure seu grito de vaia, é o que eu peço”, complementou Textor sobre o episódio que envolveu a situação da invasão no CT Lonier.

O empresário que fez carreira dentro da indústria cinematográfica de Hollywood garantiu que Cavani está fora do radar, e que conversou com a estrela James Rodríguez da Colômbia, “A história do Cavani foi verdade, o James... Ele me disse que está em busca de um novo desafio. Conversamos, espero poder convencê-lo. Mas não se trata só de nome famoso, ele tem que jogar bola”.

John Textor busca para o Botafogo uma estrela que assuma o posto de principal nome da equipe no projeto da SAF, até o momento o clube sondou Cavani, mas desistiu e iniciou conversas com o volante Lucas Leiva e com o colombiano James Rodríguez. Este último teria recebido uma proposta de 27 milhões de reais anuais para atuar no alvinegro carioca.

'Botafogo é minha responsabilidade' afirma Textor

O empresário abriu o coração ao falar de sua relação com o Botafogo, “Eu sinto uma responsabilidade por esse clube que eu não sinto no Crystal Palace. O Botafogo é minha responsabilidade”, declarou Textor que relembrou do episódio em que se emocionou ao pegar a bandeira do clube na vitória do alvinegro sobre o Fortaleza em 15 de maio.

Mais notícias do Futebol brasileiro:

O que conversaram Fabián Bustos e Vitor Pereira no massacre do Corinthians sobre o Santos

Jorge Dias

Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie em 2013, mas atuo desde 2008 com textos esportivos. Já trabalhei no Diário Lance! como diagramador e jornalista, de 2010 a 2016. Escrevi para Surto Olímpico, Bola Parada, Torcedores.com e Punteiro Izquierdo.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias