Série A

Internacional: Clube gaúcho acerta com Marcinho, lateral do Athletico-PR e depois recua da negociação

Jogador se envolveu em acidente com vítimas fatais em 2020

Inter descartou a contratação de Marcinho.
Inter descartou a contratação de Marcinho.

Inter estava fechando a contratação do lateral-direito Marcinho. O jogador de 25 anos estava no Athletico-PR, porém afastado do time desde a última Recopa Sul-Americana. Havia acerto encaminhado entre os clubes e o jogador e o Inter também já tinham chegado a um acordo. O lateral iria desembarcar em Porto Alegre em breve para realizar os exames médicos e assinar contrato, porém, uma reviravolta aconteceu e a negociação fracassou.

Mais Notícias sobre Futebol Brasileiro: 

Última hora: Corinthians; Cássio recebe ameaça de morte; Esposa do jogador é alvo de mensagens de ódio

O acordo seria de empréstimo até o final do ano de 2022. O clube gaúcho se prontificou em pagar os salários do jogador na sua integralidade, algo que gira em cerca de R$ 200 mil por mês.

Formado nas categorias de base do Botafogo, ele se destacou no clube carioca e chegou a ser convocado para a Seleção em 2019, quando Danilo se lesionou. Foi contratado pelo Athletico-PR em 2021. 

Marcinho disputou 54 partidas com o Furacão, marcou dois gols e deu oito assistências em 2021. Foi campeão da Sul-Americana e vice-campeão da Copa do Brasil pelo time paranaense.

A causa da desistência do negócio foi a rejeição da torcida em razão do acidente com dias vítimas fatais em 2020, em que o jogador atropelou um casal de pessoas que vieram a falecer. A torcida do Inter encheu as redes sociais do clube de críticas quando sairam as primeiras notícias em releção a contratação do lateral, especialmente pelo fato do Internacional ser um clube que se envolve em várias causas sociais.

Acidente Fatal 

Fora de campo, Marcinho viveu um momento bem delicado em dezembro de 2020, quando atropelou um casal, no Rio de Janeiro em que as duas pessoas faleceram.

O jogador responde por um processo criminal em razão do fato. Segundo apurou osite da UOL, o processo segue seu curso normal, em primeira instância. Marcinho compareceu a todos os depoimentos aos quais foi chamado, honrou com suas obrigações judiciais e indenizou ao todo nove pessoas, incluindo até os netos das vítimas.

Além disso, prestou toda assistência aos familiares até o momento. Apesar de ter honrado os compromissos na parte civil, o jogador sofre com julgamento social em razão do acidente e luta para trabalhar tranquilamente embasado no "princípio da presunção da inocência", Marcinho também faz acompanhamento psicológico por conta dos traumas emocionais que teve decorrentes do acidente fatal.

Mais Notícias sobre Futebol Brasileiro: 

Crise no Flamengo; saiba os motivos que geraram a insatisfação de vários setores no clube

Bruno Leandro

Lic. em comunicação social, graduado pela Universidade Estadual da Paraíba, Jornalista esportivo e Analista de desempenho.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias