Série A

Gabigol é eleito Rei da América sem conquistar nenhum título importante

É a segunda vez que o atacante recebe o prêmio

Gabigol, o rei da América, e sua tradicional comemoração. (Foto: TNT Sports)
Gabigol, o rei da América, e sua tradicional comemoração. (Foto: TNT Sports)

Pela segunda vez em sua carreira, Gabigol é eleito o melhor jogador da América pelo jornal uruguaio El País, que promove o tradicional prêmio desde 1986.

Gabriel Barbosa marcou 11 gols na Libertadores e foi o artilheiro da competição apesar do vice-campeonato do Flamengo. Nas demais competições, marcou 18 gols em 28 jogos, somando 29 gols em 41 jogos na temporada.

No entanto, chama a atenção o fato do jogador ter recebido o prêmio apesar de conquistar apenas um título sem muita significância em nível internacional: o Campeonato Carioca. Geralmente, esses prêmios levam em consideração o desempenho coletivo, mas dessa vez não foi o que aconteceu.

Por isso, torcedores de outras equipes apontaram candidatos que também poderiam merecer levar o prêmio. m entrevista a ESPN, o palmeirense Raphael Veiga disse que o prêmio de Rei da América poderia ser dele. Mas os números comprovam que Gabigol continua brilhando em nível individual. No momento, é o grande artilheiro do futebol brasileiro e, porque não, da América. Se o prêmio foi merecido ou não, cabe ao torcedor julgar de sua própria maneira. Mas ninguém pode negar que Gabriel Barbosa tem faro de gol e honra o apelido.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias