Série A

Enquanto vence no sufoco, a crítica que Abel Ferreira faz ao Palmeiras

Por Romario Paz

Abel Ferreira

Palmeiras teve dificuldades contra Portuguesa e Abel Ferreira mandou recado

Síguenos enSíguenos en Google News

Na noite de ontem (28), em jogo atrasado da quinta rodada, Portuguesa e Palmeiras se enfrentaram, no Estádio Canindé, pelo Campeonato Paulista. Neste sentido, o Verdão levou a melhor e venceu a Lusa pelo placar de 2x0, com gols de Flaco López e Gabriel Menino. Com o resultado, o Palmeiras chegou a 24 pontos, sendo o líder isolado do grupo B e agora tem a melhor campanha geral na classificação. Já a Portuguesa, está na segunda colocação do grupo B com 7 pontos.

Fora de casa, o Palmeiras encontrou dificuldades na partida. A Portuguesa apresentou uma boa marcação e complicou a criação de jogadas do Verdão, especialmente no primeiro tempo. Como o treinador Abel Ferreira vem adotando uma estratégia de rodar o elenco, muito se especulou antes do duelo qual seria a escalação do Palmeiras, mas Abel entrou com boa parte dos titulares, decisão que se mostrou acertada pelo encaminhar que o jogo teve.

Sendo assim, o Palmeiras melhorou no segundo tempo e ganhou a partida. O atacante Flaco López está em grande fase e abriu o placar com gol de cabeça após jogada de Marcos Rocha e Caio Paulista. Já o segundo gol, saiu com assistência de Richard Rios para um lindo chute de Gabriel Menino de fora da área aos 49 minutos.

O próximo desafio do Palmeiras será no domingo (3). O Verdão vai encarar o São Paulo dentro do MorumBIS, às 20h. Na coletiva de imprensa, apesar de valorizar a vitória, Abel Ferreira lançou uma crítica para o Palmeiras ficar alerta.

Palmeiras mostrou passividade, segundo Abel Ferreira

Dessa maneira, Abel Ferreira considerou que em alguns momentos do jogo o Palmeiras foi passivo e disse o que o time precisa fazer.

"Temos que ser objetivos, verticais, criar faltas, pênaltis. Em alguns momentos fomos passivos, mas produzimos o suficiente para sair com a vitória e sem sofrer gols também que é importante”, alertou Abel Ferreira.


Mais notícias