Jogadores

Não é Paquetá, o meia que está na mira de Dorival Júnior para a Seleção Brasileira

Por Tomas Porto

Lucas Paquetá e Dorival Júnior

Dorival Júnior está prestes a fazer primeira convocação na Seleção Brasileira

Síguenos enSíguenos en Google News

O treinador Dorival Júnior está prestes a realizar sua primeira convocação no comando da Seleção Brasileira. A data marcada para isto é 1 de março. Neste mês, o Brasil vai realizar amistosos, primeiramente contra a Inglaterra em Wembley e posteriormente contra a Espanha no Santiago Bernabéu. Durante sua coletiva de apresentação, Dorival destacou que quer contar com ao apoio do torcedor de volta e fazer que a seleção seja do povo.

Dentro desse cenário, existe uma ansiedade para ver os nomes que estarão presentes na primeira convocação de Dorival Júnior. Contudo, o treinador já tornou público alguns craques que não estarão na lista. Por lesão, ficam de fora, o goleiro Alisson, Neymar Júnior, Matheus Cunha e João Pedro.

Um dos nomes mais pedidos pelo torcedor é o do meia Lucas Paquetá. O jogador atualmente está no West Ham e vem fazendo uma boa temporada. Paquetá não foi convocado com Fernando Diniz. O atleta tem investigação aberta por envolvimento em esquema de apostas e a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) junto com o ex-treinador do Brasil, foi de não convocar Paquetá. No entanto, como Paquetá segue jogando normalmente pelo seu clube, Dorival Júnior está querendo convocar o craque, segundo as últimas notícias.

Ainda assim, outro meia que está no Campeonato Inglês, está na mira de Dorival Júnior, de acordo com o site O Globo. Trata-se de Andreas Pereira, que no futebol brasileiro jogou no Flamengo treinado por Dorival e atualmente está no Fulham. O treinador da Seleção Brasileira esteve presente em um treino do Fulham e viu Andreas marcar dois gols.

Andreas Pereira fala de sonho em defender a Seleção Brasileira

Andreas Pereira tem dupla nacionalidade: brasileiro e belga. O jogador ainda pode defender a Bélgica, mas deixou claro em entrevista para o GE, que seu objetivo é se firmar na Seleção Brasileira.

Logo, questionado se fechou as portas para a Bélgica, Andreas respondeu: “Exatamente. Meu sonho sempre foi jogar na Seleção Brasileira, é meu objetivo, é isso que eu quero conseguir.”

Já sobre Dorival Júnior, Andreas Pereira comentou: “O Dorival me conhece, é a primeira vez que um treinador que eu joguei junto está na Seleção. É uma vantagem por ele saber das minhas qualidades, saber do que eu posso adicionar ao time, e isso ajuda bastante. A esperança ficou ainda maior, mas, claro, eu preciso fazer a minha parte, como estou fazendo no clube, mantendo o foco e preparado.”


Mais notícias