Jogadores

Esse seria o mega salário para Jorge Valdívia encerrar a carreira no Palmeiras e Lucas Lima pode ajudar

Valdívia está sem clube desde o início de julho

Valdívia morre de amores pelo Palmeiras
Valdívia morre de amores pelo Palmeiras

Jorge Luis Valdívia Toro, ou simplesmente Valdívia, é um dos nomes mais folclóricos no futebol sul-americano. O venezuelano naturalizado chileno de 37 anos apareceu para a mídia em um programa da televisão brasileira, o Arena SBT, algo pouco incomum ao longo de sua carreira, mas não fugiu das polêmicas criadas pelos participantes do programa.

Com passagem apenas pelo Palmeiras no Brasil, clube que defendeu de 2006 a 2008 e 2010 a 2015, Valdívia rescindiu seu contrato com o Unión La Calera, do Chile, clube pelo qual disputou a Copa Libertadores 2021 com duas partidas disputadas, e está livre no mercado e compartilhou seu desejo de voltar ao Brasil, mas apenas reafirmou que jamais aceitaria um convite de Corinthians e São Paulo.

Valdívia quer voltar ao Palmeiras. Foto: BeSoccer

Valdívia quer continuar sua carreira e voltar ao Brasil está em seus planos, e se for no Palmeiras melhor ainda, como afirmou o meio-campo. Lógico que em sua volta não ganharia o maior salário, talvez até algo simbólico, mas com o valor mínimo de R$ 100 mil apenas para encerrar sua passagem pelo Verdão, clube que ele e sua família amam.

Os números de Valdívia pelo Palmeiras

Valdívia defendeu o Palmeiras de 2006 a 2008 e 2010 a 2015 e pelo Verdão disputou 240 jogos com 41 gols marcados e 49 assistências, além de ter conquistado o Campeonato Paulista de 2008, a Copa do Brasil de 2012, a Série B do Campeonato Brasileiro de 2013 e ainda participou da campanha do título da Copa do Brasil 2015.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias