Jogadores

Campeão da Libertadores com o Santos de Neymar escreve livro para sobreviver e é sucesso

Ex-jogador abandonou o futebol há três anos e mudou radicalmente sua vida após pendurar as chuteiras

Campeão da Libertadores lança livro sucesso de críticas
Campeão da Libertadores lança livro sucesso de críticas

Você sabe quem é Mário Lúcio Duarte Costa? A pergunta é difícil e não tem nenhuma dica no nome do ex-goleiro Aranha, que atuou por Ponte Preta, Atlético-MG, Santos e Palmeiras. O arqueiro se aposentou do futebol em 2018 quando defendia o Avaí e três anos depois se transforma como escritor e escreve seu primeiro livro.

Aranha é símbolo no esporte

Aranha lança seu primeiro livro. Foto: Ronald Lincoln Jr./ge

Aranha laçou na bienal do livro no Rio de Janeiro o título “Brasil Tumbeiro”, com temática infantojuvenil sobre a História Negra no Brasil. E a obra demorou para ser lançada, porque o ex-goleiro não se reconhecia como escritor e tinha medo das reações das pessoas com a mudança repentina e com o preconceito que existe com ex-atletas.

E sua vida pode melhorar ainda mais após receber um convite da Biblioteca de Washington, nos Estados Unidos, para expor seu livro em uma das maiores bibliotecas do mundo. A principal luta de Aranha no futebol e fora dele e pela igualdade racial e para acabar com o racismo no Brasil e no mundo, algo que corrompe a sociedade como um todo.

As conquistas de Aranha em sua carreira

Aranha jogou profissionalmente entre 2003 e 2018, e conquistou sete títulos em sua carreira, a maioria pelo Santos com quatro taças. Os principais canecos do ex-jogador foram a Copa Libertadores 2011 pelo Santos de Neymar, a Recopa Sul-Americana 2012, a Copa do Brasil 2015 e três estaduais.

Romario Paz

Lic. em comunicação social, graduado pela Universidade Central do EquadorJornalista esportivo com experiência em Rádio Televisão e mídia digital. Boa pessoa para caramba!+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias