Jogadores

A sorte que Bryan Angulo teve, quando fez as malas com Fabian Bustos, o motivo de ter ficado em Santos

Equatoriano quase deixou o clube, mas possível saída de atacante titular pode dar nova chance a ele

Angulo quer dar a volta por cima no Santos
Angulo quer dar a volta por cima no Santos

O destino se desenhava para que Bryan Angulo deixasse o Santos após a demissão de Fabián Bustos. O último jogo do treinador argentino foi na eliminação da Copa Sul-Americana, quando o Peixe caiu nos pênaltis diante do Deportivo Táchira-VEN. Antes da saída de Bustos, o camisa 15 só atuou no jogo de ida contra os venezuelanos, quando marcou o gol de empate (o jogo terminou 1 a 1 em San Cristóbal). Durante um período, sequer era utilizado pelo então auxiliar Marcelo Fernandes. Na estreia do técnico Lisca, entrou no segundo tempo do jogo contra o Fortaleza.

Contratado em março a pedido do técnico argentino para ter uma opção na ausência de Marcos Leonardo, o equatoriano até teve um bom começo, com boas partidas e um gol decisivo diante da Universidad Católica-EQU pela Sul-Americana, que deu a vitória ao Peixe por 3 a 2 em uma partida pra lá de disputada na Vila Belmiro. Pelo Campeonato Brasileiro, a sorte parecia continuar com ele, marcando gols nas vitórias sobre o Cuiabá e o América-MG, chegando a deixar o clube na liderança do campeonato.

Mais notícias de ecuatorianos:

Foi uma figura do Atlético-MG e conquistou o respeito de Cristiano Ronaldo: o que Jairo Campos faz agora

NÃO é Antonio Valencia; O único equatoriano respeitado por Neymar e amigo de toda a sua família

Angulo assinou com o Santos até o meio de 2023

Porém, durante um período, a sorte se transformou em azar. Gol feito perdido diante do Ceará e atuações ruins em jogos seguintes deixaram o atacante como opção no banco de reservas atrás até de Rwan Seco. Na competição continental, Angulo sobrava. Contra o Unión La Calera, em Viña del Mar, ele marcou o gol do empate em 1 a 1.

O jogo contra o Táchira na ida das oitavas de final, deu uma sobrevida ao jogador no elenco alvinegro. Após receber passe açucarado de Carlos Sánchez, o equatoriano teve a frieza necessária para vencer o goleiro adversário e empatar a partida em 1 a 1. Com Lisca, o camisa 15 espera ter mais chances para reconquistar o torcedor, ainda mais porque o Liverpool-ING está interessado na contratação de Marcos Leonardo, o centroavante titular do time.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias