Brasileirão

Venceu o Brasileirão 2 vezes com Corinthians, agora ganhou 11 milhões do Timão na Justiça

Por Tomas Porto

Venceu o Brasileirão 2 vezes com Corinthians, agora ganhou 11 milhões do Timão na Justiça

O Corinthians está questionando alguns aspectos da sentença internada pela Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) 

Síguenos enSíguenos en Google News

O Corinthians está questionando alguns aspectos da sentença internada pela Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que condenou o clube a pagar aproximadamente R$ 11 milhões ao ex-meia Jadson. O jogador deixou o clube em 2020, mesmo tendo ainda um ano de contrato. 

Para esclarecer as dúvidas levantadas pelo departamento jurídico do Corinthians, o CNRD fará uma nova análise do caso, adiando assim o prazo de pagamento. Essa situação proporciona um alívio financeiro temporário ao Timão, enquanto aguarda uma resposta atualizada da entidade.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Por não dizer a verdade, o novo calvário vivido por Daniel Alves na prisão em Barcelona

Não é Walker, o lateral do Manchester City que o Corinthians quer contratar, sim ou sim

Inicialmente, o Corinthians recebeu um prazo de 15 dias para se manifestar em relação à sentença. O não cumprimento do pagamento determinado pela CNRD pode acarretar em garantia ao clube, como o bloqueio de repasses financeiros ou premiações da CBF. Além disso, o Corinthians poderia sofrer a retenção de registrar novos jogadores por um período que varia entre seis meses e dois anos, o que poderia afetar sua capacidade de contratar reforços na próxima janela de downloads.

A dívida inicial estabelecida era de aproximadamente R$ 7 milhões, mas esse valor aumentou devido a multas e correções monetárias. Em fevereiro de 2020, o Corinthians e Jadson chegaram a um acordo para a rescisão contratual, que envolvia omento dos valores que o jogador ainda tinha a receber, como salários, 13º salário, fundo de garantia e outros direitos trabalhistas. No entanto, até o momento, nenhum pagamento foi aceito.

Jadson vai atrás de seus direitos

Diante do atraso, os advogados de Jadson entraram com uma ação na CNRD para cobrar os pagamentos pendentes. Até o momento, o escritório "RA LAW", que representa o ex-meia, optou por não comentar sobre o caso. A resolução dessas questões jurídicas é fundamental tanto para o Corinthians quanto para Jadson, uma vez que a situação envolve direitos e obrigações contratuais que precisam ser devidamente cumpridos e esclarecidos.

Tópicos


Mais notícias