Série A

Revelação do Palmeiras tem carreira arruínada após se envolver em tragédia

Zagueiro Renan teve o contrato rescindido

Jogadores Palmeiras
Jogadores Palmeiras

Desde 2008, no Brasil, dirigir alcoolizado é considerado um crime grave do qual o motorista perde o direito de conduzir veículos motorizados. A lei não é antiga, e é uma das mais rígidas da legislação atual. Mas para o zagueiro Renan, nada disso importou, o jogador do Palmeiras emprestado ao RB Bragantino, se envolveu em uma tragédia que acabou matando um motociclista na semana passada.

Agora, o jogador colhe os frutos de sua má decisão. O Palmeiras anunciou conjuntamente ao Bragantino a rescisão unilateral com o jovem jogador. Renan responde em liberdade por homicídio culposo com os agravantes de dirigir sob influência de álcool e não ser habilitado para dirigir. A pena para ele pode chegar a dez anos.

Mais notícias do Futebol brasileiro

De jogar com Dani Alves, a ser elogiado por Rogério Ceni: o time onde João Rojas acabou jogando que ninguém conhece na América do Sul

O craque da seleção brasileira que aprendeu a fazer gols graças a Paolo Guerrero e agora fatura milhões no Real Madrid

Ainda de acordo com o UOL, a decisão foi tomada pela diretoria após saber do ocorrido e da atitude do atleta em fugir não prestar socorro. Desde o inicio do episódio, o clube se colocou a disposição da família para auxiliar em qualquer assunto, assim como a assessoria de imprensa do jogador. Renan é cria da base palmeirense e estava no clube desde os 11 anos de idade.

Renan ainda estava com a habilitação vencida no momento do acidente, e se recusou a prestar o teste do bafômetro. Além disso, o jogador tem 24 multas de trânsito, 18 por excesso de velocidade. Renan deixou a prisão após passar por audiência de custódia. Além do pagamento da fiança de R$ 242 mil e a obrigação de comparecer presencialmente em todos os atos do processo.

Jorge Dias

Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie em 2013, mas atuo desde 2008 com textos esportivos. Já trabalhei no Diário Lance! como diagramador e jornalista, de 2010 a 2016. Escrevi para Surto Olímpico, Bola Parada, Torcedores.com e Punteiro Izquierdo.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias