Jogadores

O craque da seleção brasileira que aprendeu a fazer gols graças a Paolo Guerrero e agora fatura milhões no Real Madrid

Jogador deve estar na Copa do Mundo pela Seleção Brasileira. Ele deve muito ao "Depredador"

Guerrero defendeu o Flamengo de 2015 a 2018
Guerrero defendeu o Flamengo de 2015 a 2018

Se Vinícius Junior está perto de realizar o seu sonho de disputar uma Copa do Mundo pela Seleção Brasileira e foi o autor do gol do título da UEFA Champions League com a camisa do Real Madrid, o atacante Paolo Guerrero tem uma parcela nisso tudo. Quando chegou ao Flamengo, em 2015, o centroavante peruano logo conquistou a torcida com os seus gols e seu faro insaciável de colocar a bola nas redes adversárias. Enquanto isso, Vini era apenas um jogador das divisões de base do time carioca.

Em 2017, o "Malvadeza" foi promovido ao time profissional do rubro-negro pelo então técnico Reinaldo Rueda, que sempre dizia ver muito potencial no camisa 20. E não deu outra. Mesmo sem conquistar títulos com a camisa do Mengão, Vini encantou a torcida com sua rapidez, seus dribles desconcertantes e também os gols. No mesmo ano em que subiu ao profissional, chegou muito perto de conquistar a Copa Sul-Americana. Porém, o time carioca foi superado pelo Independiente-ARG.

Mais notícias de peruanos:

Ele era desconhecido na Ponte Preta, agora joga em um grande sul-americano, mas fez o Peru perder 10 milhões de dólares

De ganhar milhões de euros por vender Neymar aos milhões que o Santos perde por Christian Cueva

Guerrero e Vinicius Junior atuaram juntos no Flamengo entre 2017 e 2018

Atuar ao lado de Guerrero atiçou ainda mais o faro de gol de Vinícius Junior. Tanto é que, em 170 jogos com a camisa dos Merengues, o cria do Ninho marcou 37 gols, sendo alguns deles decisivos e importantes para a história do clube, como o que deu o 14º título da Liga dos Campeões da Europa ao clube madridista, na final contra o Liverpool-ING, o mesmo time que havia derrotado o seu Flamengo em 2019, na decisão do Mundial de Clubes.

Em 70 jogos no time principal do Mengão, Vini Malvadeza marcou 14 gols e foi vice-campeão da Copa do Brasil e da Sul-Americana, além de ter disputado a Copa Libertadores da América em 2018 com o Manto Sagrado. Em uma partida contra o Emelec, em Guayaquil, o atacante fez um golaço passando por quase toda a defesa adversária. Aprendeu bem com o professor peruano, não é?

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias