Série A

Negociação com final triste para Palmeiras diminui opções de contratar um atacante de peso

Porta fechada! Bayer Leverkusen recusa proposta feita pelo Verdão, mesmo com valores financeiros acrescidos para ter Lucas Alario por empréstimo

Bayer diz não à saída de Alario
Bayer diz não à saída de Alario

No Brasil fala-se que novela tem final às sextas-feira. Foi assim com a especulação do atacante argentino Lucas Alario no Palmeiras. O time detentor de seus direitos, Bayer Leverkusen, que já havia dito não à proposta de empréstimo feita pelo Palestra, voltou a recusar uma nova proposta que acrescia valores financeiros e desistiu em definitivo de negociar o atleta.

Durante todo o dia, havia grandes expectativas para tentar convencer o time alemão a ceder Alario por empréstimo ao Palmeiras. O senso de urgência com a posição de centroavante está ligado no Alviverde, com a proximidade do Mundial de Clubes, mas também para o restante da temporada, mesmo com as principais competições ainda distantes de serem disputadas. No entanto, ao que tudo indica o Bayer não está disposto a liberar seu jogador se não tiver uma outra opção de reposição para o restante da temporada europeia. Apesar de contar com alguns atacantes de beira de campo, o camisa 13 é um dos dois únicos centroavantes do time, ao lado do tcheco Patrik Schick. Os alemães estão em quinto no campeonato nacional e classificados para os playoffs da Europa League.

E para quem vai a 9 do Verdão?

Agora o Palmeiras vai precisar repensar seus planos em busca do homem de referência no ataque palestrino. É preciso recordar que o elenco tem Luiz Adriano, desconsiderado pela diretoria por causa de sua má relação com a torcida, Deyverson, herói da conquista do bicampeonato seguido da Libertadores, e Rafael Navarro, recém contratado junto ao Botafogo. Contudo, nenhum deles parece ser considerado como principal alternativa por Abel Ferreira, a diretoria e a torcida para um possível confronto com o Chelsea na final de Abu Dhabi

Houve conversas para tentar trazer Pedro (Flamengo), Yuri Alberto (Internacional), Valentín Castellanos (New York City) e Agustín Álvarez (Peñarol). Mas o empecilho sempre foi o mesmo: valores muito além do que o Palmeiras está disposto a gastar. Outros nomes com menor brilho dentro do cenário nacional também foram ventilados, mas nada de concreto teria sido apresentado.

Saiba mais da negociação:

A proposta final do Palmeiras por Alario que envolve milhões

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias