Série A > Saopaulo

Jogador especulado no São Paulo já pisou no símbolo do clube

Diego Ribas pisou no símbolo do São Paulo durante a histórica vitória do Santos nas quartas-de-final do Campeonato Brasileiro de 2002

Diego Ribas nos tempos de Santos (Foto: Gazeta Esportiva)
Diego Ribas nos tempos de Santos (Foto: Gazeta Esportiva)

Já faz quase 20 anos, mas o futebol não esquece. O ano era 2002 e o São Paulo encarava o Santos pelas quartas-de-final do Campeonato Brasileiro, na última vez que o Brasileirão foi decidido no sistema de mata-mata.

O Tricolor de Kaká e Luis Fabiano era o favorito no confronto segundo maior parte da imprensa, principalmente pelo fato de ter se classificado em primeiro lugar na fase inicial da competição, enquanto o Santos vinha como azarão, uma vez que avançou com a última vaga.

Por ironia do destino, o Santos venceria o São Paulo e terminaria a competição como campeão, após 34 anos sem títulos nacionais. A conquista revelou uma geração de jovens jogadores, como Robinho, Elano, Renato, Alex e... Diego Ribas.

Dizem as más línguas que este último era são-paulino na infância, ao ponto de ter um pôster do Raí em seu quarto. Recusado pela base do São Paulo, Diego fez juras de ódio ao clube quando se encontrou no Santos. O estopim foi quando Diego marcou pelas quartas e pisoteou o símbolo do São Paulo em pleno Morumbi, em um lance histórico para os santistas.

Ainda tem perdão?

19 anos depois, o mesmo Diego pode deixar o Flamengo e retornar ao futebol paulista como pedido pessoal do técnico e ídolo Rogério Ceni. Que Diego encaixaria bem no time, isso é quase uma certeza. Mas será que a torcida são-paulina teria coração para perdoar o jogador?

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias