Série A

Dívida bilionária pode fazer o Botafogo ser vendido para o rival

Revelação bombástica pode pôr fim a vida de rico do Botafogo

Engenhão
Engenhão

O torcedor do Botafogo parece estar muito apreensivo com as declarações feitas por John Textor ao jornal francês l'equipe, para dar garantias financeiras exigidas pelo Lyon, o empresário norte-americano precisou levantar um empréstimo no valor de 523 milhões de euros concedido pela Cannae, e colocou o clube carioca como garantia de que pagará o investimento.

O empresário norte-americano fez seus primeiros investimentos no futebol com o seu próprio dinheiro, agora para assumir o controle do Lyon da França ele precisou juntar dinheiro de investidores terceiros. A sociedade criada pela empresa de Textor, Eagle Holding, como fundo de investimentos Cannae lideradas por Bill Foley.

Mais notícias do futebol brasileiro

É descoberto porque Fabian Bustos era uma fraude no Santos

O jogador que pode fazer com que todos os santistas esqueçam de Cueva

Textor conseguiu cerca de 2,8 bilhões de reais para investir no clube europeu a princípio esta é uma operação de crédito, Foley empresta a quantia para que textor conclua a compra do clube francês procedimento necessário, enquanto Lyon recebe as garantias financeiras do empresário norte-americano de que conseguirá pagar pelo investimento realizado. É aí que entra a aflição da torcida do Botafogo.

Caso fracassem em conseguir cumprir com o investimento do realizado no Lyon da França, a Cannae recebe uma participação em todos os clubes administrados por texto, isso inclui o Crystal Palace da Inglaterra e o Botafogo do Rio de Janeiro. No entanto, qualquer tomada de Posse pela Cannae precisará ser debatida pela assembleia de sócios do Botafogo mesmo que simbolicamente.

Investimento de John Textor equivale ao patrimônio do Flamengo

Segundo a empresa de marketing financeiro esportivo Sports Value, o Flamengo equivale a 2, 318 bilhões de reais a quantia aproximada do valor que texto investiu no Lyon. Dentro deste investimento, caso o empresário norte-americano não cumpra a sua parte, as suas ações poderão ser leiloadas total condição de comprar elas, o que significaria ser proprietário do Botafogo.

Jorge Dias

Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie em 2013, mas atuo desde 2008 com textos esportivos. Já trabalhei no Diário Lance! como diagramador e jornalista, de 2010 a 2016. Escrevi para Surto Olímpico, Bola Parada, Torcedores.com e Punteiro Izquierdo.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias