Série A > Flamengo

Destruíram seu carro; a dura reação de Gabigol após protestos da torcida do Flamengo

Gabigol foi um dos alvos de torcedores em protesto realizado na porta do CT do Flamengo

A atitude de Gabigol após ser recebido com hostilidade no CT do Flamengo
A atitude de Gabigol após ser recebido com hostilidade no CT do Flamengo

A semana do Flamengo ficou marcada pelos protestos que ocorreram na porta do Centro de Treinamento do clube na última sexta-feira (8). Diversos jogadores foram alvo de membros de torcidas organizadas. E nem Gabigol, principal artilheiro e ídolo Rubro-Negro, foi poupado.

Mais notícias do futebol brasileiro:

Foi campeão da Libertadores com o Atlético Mineiro; hoje é professor de futebol no interior

Ao chegar em seu carro ao CT, o automóvel de Gabigol foi recebido com hostilidade, com socos e chutes violentos em seu veículo. O atacante teria ficado revoltado com a falta de segurança na entrada do CT, segundo informações do jornalista Julio Miguel Neto.

“Não pegou bem. O Gabigol ficou revoltado não só pela ‘frouxidão’ na segurança, teve o seu carro muito chutado. E a maior revolta é que quando ele entra no Ninho do Urubu, torcedores entram juntos. Foi o que ficou mais insatisfeito”, declarou o jornalista.

Culpa de Marcos Braz?

O estopim para o protesto, além da má fase do Flamengo, foi o cancelamento de uma reunião organizada pelo VP de futebol do clube, Marcos Braz, com líderes de torcidas organizadas. O agendamento da reunião não foi bem visto e seu cancelamento foi a “gota d’água” para o ocorrido na porta do CT.

Mais notícias do futebol brasileiro:

O motivo insólito que pode fazer o Fluminense devolver Nathan ao Atlético Mineiro

Romario Paz

Lic. em comunicação social, graduado pela Universidade Central do EquadorJornalista esportivo com experiência em Rádio Televisão e mídia digital. Boa pessoa para caramba!+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias