Série A

Bicou pra machucar; Galo ressurge e mantém 'El Turco' para duelo contra o Flamengo

Atlético Mineiro derrotou os rubro-negros 

Nacho Fernández
Nacho Fernández

Diante de 55 mil pessoas no Mineirão, o Atlético Mineiro despachou o Flamengo e venceu o confronto por 2x0, a vitória é um respiro de alívio para Antonio Mohamed que recebeu ultimato para vencer os dois jogos contra o rubro-negro, pelo Campeonato Brasileiro e pela Copa do Brasil. ‘El Turco’ se mostrou sorridente após o confronto e garantiu pelo menos um triunfo diante do rival.

Mais notícias do Futebol brasileiro:

Paulo Sousa quase levou o Flamengo para a Série B, mas agora seu empresário tira sarro de Mengão

O jogo ganhou contornos mais eufóricos para a torcida do Galo, o momento decisivo na passagem de seu treinador cruzaria com o do Flamengo, um rival histórico que por duas vezes precisou demitir seus treinadores após duelo com os mineiros. Os alvinegros de Minas Gerais não pararam de cantar um só minuto, algo que incentivou a equipe.

Eram 90 minutos de tudo ou nada para ‘El Turco’ e os caminhos indicavam que ele sairia, mesmo com a vitória, mas além do resultado, a boa exibição da equipe o acompanhou, "ele merecia essa vitória. É o mínimo que ele merecia. É um cara muito do bem, e quando a pessoa é do bem, a gente faz de tudo pra ajudar. Pode ter certeza que vamos dar a vida por ele", comentou Hulk após o jogo.

O Flamengo se mostrou impotente, as trocas erradas de Dorival Jr também minaram qualquer poder de reação da equipe carioca. Forte e Vingador, como diz seu hino, o Atlético Mineiro bicou forte o rubro-negro e deu uma amostra do que pode provocar na quarta-feira pela Copa do Brasil.

Dorival critica passividade do Flamengo

Em tom de crítica, Dorival analisou que o Flamengo deixou o Atlético Mineiro ‘muito confortável’ e que isso precisa ser mudado para o confronto de quarta-feira, pela Copa do Brasil. O treinador afirmou que, “caminhos nós temos, mas temos que trabalhar para que isso aconteça e que cheguemos numa condição para que o time consiga fazer as movimentações necessárias para que as coisas fluam mais naturais”.

Mais notícias do Futebol brasileiro:

Abel Ferreira continua a se inspirar em Marcelo Gallardo até para buscar reforços

Jorge Dias

Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie em 2013, mas atuo desde 2008 com textos esportivos. Já trabalhei no Diário Lance! como diagramador e jornalista, de 2010 a 2016. Escrevi para Surto Olímpico, Bola Parada, Torcedores.com e Punteiro Izquierdo.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias