Série A > Palmeiras

Abel Ferreira recusou Miguel Borja e o atacante saiu mais triste depois de ouvir isso do técnico português

Técnico português revelou o porquê de ter deixado o atacante de fora

Abel Ferreira revela o que Borja fez com o Palmeiras que o chateou.
Abel Ferreira revela o que Borja fez com o Palmeiras que o chateou.

Abel Ferreira revolucionou o Palmeiras. Assim o narrador Ulisses Costa, da TV Bandeirantes, descreve o momento e a curta carreira vitoriosa do treinador português no Verdão após vencer os títulos da Copa Libertadores da América e da Copa do Brasil 2020. O sucesso no clube paulista foi tanto que o comandante de 42 anos teve o luxo de recusar um artilheiro da Libertadores para comandar a equipe.

A semana de férias de Abel Ferreira foi de entrevistas para diversos veículos de imprensa no Brasil. E entre as diversas perguntas e respostas, uma delas chamou a atenção por se tratar de Miguel Borja, maior contratação da história do Verdão que atualmente está emprestado ao Junior Barranquilla, da Colômbia, e não teve uma segunda chance no Brasil, tudo pela decisão de Abel Ferreira.

Segundo o treinador do Palmeiras, ambos tiveram uma conversa séria sobre o possível retorno de Borja ao Verdão em 2021, mas o debate foi interrompido após as exigências do artilheiro colombiano que queria estar no elenco do clube na Copa Libertadores deste ano, mas a negativa veio após Abel Ferreira decidir que Borja estava por menosprezar os jogadores que já trabalhavam com o português e assim a recusa aconteceu.

Miguel Borja brilha... Na Libertadores

Na atual Copa Libertadores da América, o Junior Barranquilla de Miguel Borja está no último estágio antes de entrar na fase de grupos, enfrenta o Bolívar, da Bolívia, em busca da tão sonhada vaga. E Borja tem dois gols anotados.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias