Série A > Flamengo

A quantia milionária que o Flamengo vai pagar por sucessor de Diego Alves

Goleiro deve deixar o Flamengo ao fim do ano, e seu sucessor também está de saída do atual clube

Diego Alves não vai ficar no Flamengo
Diego Alves não vai ficar no Flamengo

O Flamengo é o quinto colocado do Campeonato Brasileiro com 33 pontos, a nove do líder. Desde a chegada de Dorival Júnior, o rubro-negro vem de quatro vitórias consecutivas no Brasileirão. Ou seja, somando 12 pontos dos 15 disputados. O Clube tem um dos elencos mais valioso no futebol nacional, mas ainda assim, segue no mercado em busca de reforços.

A diretoria do Flamengo vem monitorando a situação do goleiro Agustín Rossi, do Boca Juniors, visando a próxima temporada, e pretende realizar uma proposta inicial de cerca de 2 milhões de dólares, próximo de R$ 10 milhões na cotação atual. Entretanto, o que dificulta é que o Boca só aceita negociar o arqueiro próximo do valor da multa contratual, 20 milhões de dólares, R$ 105 milhões na cotação atual.

Mais notícias do Flamengo:

Chega! Flamengo vai ao limite e desiste de jogador campeão olímpico

O ex-jogador do Flamengo que pode trocar de clube na Premier League e render muito dinheiro

Rossi está próximo do Flamengo

Vale destacar que o Rossi tem contrato com a equipe argentina até junho de 2023 e não tem pretensão de renovar. Ou seja, ficará livre no final do ano para assinar um pré-acordo. Diante das negociações com a equipe da Gávea, o goleiro se tornou dúvida para o próximo confronto da equipe argentina marcado para o próximo sábado (6).

Aos 26 anos, Augustín Rossi é um dos xodós da torcida do Boca Juniors. O goleiro chamou atenção da cúpula do Flamengo para reforçar a posição visando a temporada de 2023. Apesar da chegada de Santos para a titularidade do time carioca, a equipe precisa de mais uma opção de confiança, já que Hugo Souza vem oscilando, Gabriel Batista está emprestado e o contrato de Diego Alves é até o fim da atual temporada, e não será renovado.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias