Série A

Se Corinthians não ganha da Ponte Preta, a estatística impressionante do Timão

Por Tomas Porto

Corinthians

Corinthians foi derrotado pela Ponte Preta, mas teve marca impressionante no jogo

Síguenos enSíguenos en Google News

Acabou a farra? Na noite deste domingo (25), Corinthians e Ponte Preta duelaram pela décima rodada do Campeonato Paulista, dentro da Neo Química Arena. O Timão chegava com a confiança lá em cima, já que estava acumulando bons resultados, como vitórias contra Portuguesa, Botafogo-SP e Cianorte, além de um empate contra o Palmeiras. Todavia, o bom momento acabou foi interrompido. A Ponte Preta venceu o Corinthians na Neo Química Arena pelo placar de 0x1, com marcado por Iago Dias, aos 5 minutos da etapa inicial.

Dessa forma, a situação do Corinthians no Paulistão está complicada. O Timão está na lanterna do grupo C com 10 pontos e não depende apenas de si para se classificar para as quartas de finais da competição. O Corinthians terá que vencer as últimas duas partidas contra Santo André e Água Santa, e torcer por combinação de resultados.

Na partida, o treinador António Oliveira pôde contar com o retorno de Yuri Alberto, recuperado de lesão na costela. No entanto, Cássio ficou fora devido a suspensão. O goleiro Carlos Miguel foi o titular, mas acabou falhando, sendo um dos culpados pela derrota. Logo, a escalação do Timão teve: Carlos Miguel; Fagner, Félix Torres, Gustavo Henrique e Hugo; Raniele, Maycon e Rodrigo Garro; Wesley, Ángel Romero e Yuri Alberto.

A Ponte Preta fez gol logo no começo do jogo e depois começou a se defender, com estratégia adotada pelo treinador João Brigatti. Desse modo, o Corinthians pressionou durante toda a partida, mas um ditado do futebol acabou imperando: “hoje essa bola não vai entrar.” Acabou que não entrou, mas o Corinthians registrou uma estatística impressionante, na primeira derrota de António Oliveira.

A estatística impressionante do Corinthians contra a Ponte Preta

Portanto, de acordo com o Sofascore, o Corinthians teve 80% de posse de bola contra a Ponte Preta. É a maior marca do Timão desde que a plataforma de análise foi criada.

Além disso, o Corinthians também teve o seu jogo com mais cruzamento, no total de 55. Por fim, o Corinthians finalizou 29 vezes.


Mais notícias