Série A

Fracassou no Corinthians e agora exige R$ 7,5 milhões do Timão

Por Tomas Porto

Fracassou no Corinthians e agora exige R$ 7,5 milhões do Timão

Técnico saiu muito criticado pela Fiel torcida e agora pode arrancar fortuna do clube alvinegro

Síguenos enSíguenos en Google News

Na manhã deste domingo, 4 de fevereiro, acontece o duelo entre Corinthians x Novorizontino, válido pela 5ª rodada do Campeonato Paulista 2024. A bola rola na Neo Química Arena, em Itaquera, zona leste de São Paulo, às 11h (horário de Brasília).

O clube comandado pelo técnico Mano Menezes passa por momento conturbado dentro das quatro linhas, na atual edição do campeonato Paulista, o Corinthians perdeu as 3 últimas partidas que disputou.

Em sua partida mais recente, o Corinthians perdeu para o rival São Paulo na Neo Química Arena, pela primeira vez na história. Com o fim do tabu, a crise, que não era pequena, ficou ainda maior. No universo futebolístico do Corinthians, os desafios persistem não apenas nos gramados, mas também fora deles. Tudo indica que será necessário um período considerável para o clube superar a tempestade de questões que assola o Parque São Jorge.

Além de todos esses problemas, mais um apareceu nesta sexta-feira envolvendo um velho conhecido da torcida corintiana. Trata-se do técnico português Vitor Pereira, que acionou o clube alvinegro na justiça por uma dívida de R$ 7,5 milhões, transparecendo a péssima fase no qual vive o Timão.

Vitor Pereira cobra milhões do Corinthians

Conforme informações do GE, segundo declarado no processo, Vítor Pereira recebia algo em torno de R$ 2 milhões mensais do Corinthians. O contrato firmado entre o treinador e o Timão, que vigorou entre março e dezembro de 2022, previa o valor total de no mínimo 2,8 milhões de euros (pouco mais de R$ 15 milhões).

Dessa forma, os pedidos de Vítor Pereira para chegar no montante dos R$ 7,5 milhões são referentes à diferença do FGTS, férias proporcionais, 13º salário proporcional e multas previstas na CLT que o treinador alega fazer jus.

Vítor Pereira deixou o Corinthians com 26 vitórias, 21 empates e 17 derrotas em 64 jogos, um aproveitamento de 51,6%. O Timão foi vice-campeão da Copa do Brasil no período e termina o Campeonato Brasileiro em quarto lugar.


Mais notícias