Qatar 2022

Ganhou a Copa do Mundo, brilhou na Inglaterra e hoje vende pizzas

Por Romario Paz

Ganhou a Copa do Mundo, brilhou na Inglaterra e hoje vende pizzas

Jogador disputou boa parte das partidas da Seleção na campanha do penta

Síguenos enSíguenos en Google News

A Seleção Brasileira que conquistou o pentacampeonato da Copa do Mundo, em 2002, está no coração e na memória de todo brasileiro. O futebol nacional no topo, na sua mais pura essência, coroou a superação de Ronaldo Fenômeno após uma lesão gravíssima que colocou sua carreira em risco, o surgimento de Ronaldinho Gaúcho como astro, a consagração de Rivaldo, Marcos, Roberto Carlos, Cafu, entre outros.

Juninho Paulista foi um desses 23 coroados com a glória de conquistar o mundo com a camisa amarela. Convocado por Luiz Felipe Scolari, o então meio-campista foi titular em quatro das sete partidas do escrete canarinho naquele torneio. Nas três da primeira fase, com vitórias sobre Turquia, China e Costa Rica, além das oitavas de final diante da Bélgica.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Ele era humilhado por Ceni no São Paulo, mas agora provou que tem o seu grande valor

O São Paulo acabou com o Sport, mas o que aconteceu no primeiro tempo foi loucura

A partir do jogo contra a Inglaterra, pelas quartas de final, foi para o banco de reservas e só voltou na decisão contra a Alemanha, entrando no segundo tempo da partida no lugar do “Bruxo” e quase fazendo o terceiro gol brasileiro. Revelado pelo São Paulo, brilhou também no Middlesbrough, Atlético de Madrid e no Brasil passou também por Vasco da Gama, Flamengo, Palmeiras e encerrou a carreira com a camisa do Ituano.

Depois das chuteiras

Enquanto ainda jogava, Juninho abriu uma pizzaria em um bairro nobre da cidade de São Paulo, além de ter outros investimentos na área da gastronomia e da administração. O ex-jogador foi também gestor do Ituano até 2016, e depois passou a trabalhar na CBF como coordenador de seleções.

Tópicos


Mais notícias