Qatar 2022

Enquanto na Europa ganha R$ 35 mi, o salário que Jorge Jesus teria na Seleção Brasileira

Por Jorge Dias

Enquanto na Europa ganha R$ 35 mi, o salário que Jorge Jesus teria na Seleção Brasileira

JJ é um dos possíveis nomes para assumir a Seleção Brasileira

Síguenos enSíguenos en Google News

Desde a saída de Tite após a Copa do Mundo 2022, a Seleção Brasileira segue sem treinador. De acordo com o Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, Carlo Ancelotti é o plano A para comandar o Brasil. "Não que ele tenha qualquer tipo de proposta, mas acompanhamos e verificamos também se ele tinha algum tipo de vontade. Eu o tenho como plano A. Estou falando pela primeira vez de uma forma bem aberta e não adianta ficar escondendo essa preferência", disse Ednaldo em entrevista à 'BeIN Sports'.

Segundo, o dirigente, a CBF aguarda somente uma sinalização de interesse por parte de Ancelotti para iniciar as tratativas. “A partir do momento que recebermos a sinalização de que é uma vontade dele também, partiremos para conversar preparados para o que pode ser um sim ou um não. A partir dali que vamos ter um plano B”.

Mais notícias do Futebol Brasileiro: 

Desespero no São Paulo, Arboleda saiu lesionado e este é o diagnóstico, temporada perdida

Fagner tem carro de luxo no Corinthians, mas Van de Roger Guedes nos deixa de boca aberta

A eliminação do Real Madrid para o Manchester City na semifinal da Champions League pode auxiliar na chegada de Ancelotti a Seleção Brasileira

Entretanto, o jornal ‘Marca’, da Espanha, cravou a permanência de Carlo Ancelotti independente do resultado na semifinal da Champions League. “Carlo Ancelotti confia cegamente no elenco, e os jogadores no italiano. Algo já conhecido e reconhecido por uns e outros há muito tempo… Sua continuidade é indiscutível em um mundo, não esqueçamos, tão mutável quanto o futebol”, escreveu o jornal na última quarta-feira.

Jorge Jesus é outra opção para a Seleção Brasileira

Além de Carlo Ancelotti, a CBF monitora outros treinadores, entre eles, Jorge Jesus, ídolo do Flamengo e atual técnico do Fenerbahçe, da Turquia. Uma das vantagens de JJ é o seu salário bem inferior ao de Ancelotti. Na Seleção Brasileira, Jorge Jesus receberia cerca de R$ 40 milhões por temporada.

 


Mais notícias