Jogadores

Com Gabigol suspenso, a surpreendente decisão do Flamengo e os riscos para 2025

Por Romario Paz

Gabigol e Rodolfo Landim

Flamengo toma decisão sobre Gabigol após punição aplicada

Síguenos enSíguenos en Google News

Uma das decisões importantes que o Flamengo precisa fazer em 2024 é sobre a renovação ou não de Gabigol. O camisa 10 é ídolo do Rubro-Negro e foi o responsável direto por alguns títulos do clube. No entanto, vive um relacionamento complicado com a torcida e com os dirigentes do Mengão. Por isso, ainda não foi confirmado a sua permanência. Em entrevista à Rádio CBN, Rodolfo Landim falou sobre a situação:

Nova contratação do Flamengo, Carlinhos faz revelações que emocionam a Nação Rubro-Negra

"O contrato do Gabriel termina dia 31 de dezembro, e a partir do dia 1º de junho ele tem liberdade de assinar com qualquer outro clube. O Flamengo historicamente já demonstrou em diversas oportunidades que ele leva o contrato dos jogadores até o fim e renova no final. Fizemos isso com Diego Ribas, Diego Alves, Filipe Luís, Bruno Henrique, e eles renovaram com o Flamengo. Aconteceu, por exemplo, que o Everton Ribeiro a gente fez uma proposta e ele recebeu uma oferta melhor no mercado. Não conseguimos igualar essa proposta e deseja amor sorte para ele."

"A gente vai fazer uma proposta. (...) O Gabigol vai ter essa oportunidade para ele decidir. Então não dá para a falar unilateralmente se a gente conta com ele ou não. Certamente vamos querer contar, mas pode ser que ele tenha outras oportunidades melhores do que jogar no Flamengo. Vai estar na mão dele decidir isso."

Após perder a invencibilidade, a notícia sobre Endrick que preocupa Abel Ferreira

Gabigol pode assinar pré-contrato

Se a decisão do Flamengo é de levar o contrato até o fim e só então renovar, o risco é de que o jogador entre em acordo com outro clube. Gabigol, com vínculo até o fim de 2024, pode assinar pré-contrato com outro time seis meses antes, no meio do ano. O que causa certa apreensão, por ser um dos grandes nomes da equipe nos últimos anos.


Mais notícias