Jogadores

Chegou como ídolo; o mega salário de Diego Ribas no Flamengo para ser odiado

Camisa 10 do Flamengo recebe fortuna e é um dos mais odiados pela Nação

Diego Ribas e o mega salário que recebe no Flamengo
Diego Ribas e o mega salário que recebe no Flamengo

Diego Ribas chegou ao Flamengo em 2016 e sua chegada marcou a primeira contratação da “era das vacas gordas” no Rubro-Negro, que convivia com graves problemas financeiros no início da década. O meia veio do Fenerbahçe-TUR e sua contratação foi muito comemorada, tendo inclusive marcado um belo gol em sua estreia contra o Grêmio.

Mais notícias do futebol brasileiro:

A atitude de Marcos Braz que destruiu o futebol do Flamengo; tudo por dinheiro

No entanto, Diego foi perdendo espaço, principalmente após uma grave lesão que o afastou dos gramados por um longo período. A chegada de Giorgian De Arrascaeta em 2019 fez com Diego mudasse de posição, deixando de ser um meia-atacante para se tornar uma espécie de segundo volante.

Diego chegou ao Flamengo em 2016 com o status de craque (Foto: Gilvan de Souza/CRF)

Mas as atuações de Diego em 2022 sob o comando de Paulo Sousa tem sido ainda mais abaixo do esperado, o que tem gerado fortes críticas. Muitos torcedores pedem que a diretoria não renove o contrato do camisa 10, visto que além dos problemas, sua idade é considerada avançada, 37 anos.

O mega salário de Diego

Muito por conta da “grife”, Diego Ribas possui um dos maiores salários do Flamengo. O meio-campista recebe cerca de 500 mil reais por mês, e o valor era ainda maior, 700 mil reais mensais. Contudo, a diretoria entrou em acordo com o jogador para reduzir seus vencimentos recentemente.

Mais notícias do futebol brasileiro:

Ingressos do Palmeiras x Emelec para a Libertadores; saiba o preço e onde comprar o seu

Romario Paz

Lic. em comunicação social, graduado pela Universidade Central do EquadorJornalista esportivo com experiência em Rádio Televisão e mídia digital. Boa pessoa para caramba!+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias