Copas Internacionais > Sul Americana 2021

O histórico feito que o Red Bull Bragantino conseguiu que faz invejar a todos os times da franquia mesmo com vice campeonato

Clube do interior de São Paulo alcançou feitos que nem mesmpos seus "primos europeus" cosneguiram

Clubeb foi comprado há dois pela marca de bebida e já chegou ao vicecampeonato sul-americano
Clubeb foi comprado há dois pela marca de bebida e já chegou ao vicecampeonato sul-americano

Entenda a situação que alcançou o Red Bull Bragantino ao bater finalista na Copa Sul-Americana neste ano que inveja as outras equipes da franquia Red Bull

O Red Bull Bragantino não foi campeão da Copa Sul-Americana neste sábado (20), mas o Massa Bruta tem muito a se orgulhar e olhar para o futuro com bons olhos. Desde que foi comprado pela gigante de bebidas energéticas, o Braga conseguiu feitos impressionantes: campeão da Série B em 2019, classificado e semifinalista na primeira edição de Copa Sul-Americana, além de cada vez mais ser uma pedra no sapato dos maiores clube dos Brasil, vencendo Palmeiras, São Paulo, Corinthians e Flamengo fora de seus domínios.

Foto: Red Bull Bragantino/MF/Press Global - Clube chegou na final da Sul-Americana e agora mira a Libertadores

O clube do interior de São Paulo, por exemplo, já atingiu um feito que seus “primos” europeus ainda não conseguiram. Por exemplo, desde que foram comprados pela Red Bull, o Leipzig, da Alemanha, e o Salzburg, da Áustria, nunca chegaram sequer à final da Liga Europa, a segunda competição mais importante do Velho Continente. Em pouco mais de 2 anos com o aporte financeiro da Red Bull, o Bragantino está em vias de chegar à sua primeira Copa Libertadores.

Os primos europeus

De seus primos, o RB Leipzig ao menos já chegou numa semifinal de Liga dos Campeões da Europa, na temporada 2019-20, quando caiu na semifinal daquela edição para o Paris Saint-Germain de Neymar, mas nunca mais voltou a ter tanta força para figurar entre os quatro mais fortes da Europa. Na Bundesliga, ao menos, incomoda bastante os poderosos Bayern de Munique e Borussia Dortmund, mas nessa temporada vive uma situação bem irregular, com 18 pontos numa modesta sétima colocação. Na Champions é o último colocado num grupo com Manchester City e PSG.

Foto: Stuart Franklin - Leipzigo chegou até uma semifinal de Champions, mas parou em Neymar

Já o RB Salzburg é dominante na Áustria,mantendo uma hegemonia de títulos desde 2014 (são sete títulos consecutivos) e o atual líder edição 2020-21. Na Liga dos Campeões vai liderando o apertado Grupo G, com Lille, Wolfsburg e Sevilla (7, 5, 5 e 3 pontos cada um, respectivamente).

Foto: Site Oficial Red Bull Salzburg - Clube austríaco é sete vezes campeão consecutivo no país

Orgulho Massa Bruta

Mesmo assim, o Red Bull Bragantino segue sendo o clube com mais rápida ascensão entre os clubes da marca e isso faz com que o seu técnico tenha muito orgulho do projeto. “As lágrimas que a gente vê nos olhos dos companheiros e também dos nossos demonstra força, caráter e hombridade. São virtudes importantes para continuar crescendo e é motivo de orgulho saber que todos carregamos esse sentimento. Espero que a gente possa dar continuidade ao processo. Acho que crescemos e amadurecemos bastante, portanto nossa régua é muito mais alta de onde a gente começou. Nosso desejo é terminar a temporada classificado para a Libertadores. É um degrau acima, um novo objetivo, uma nova oportunidade e continuar honrando essa camisa”, afirmou Maurício Barbieri durante a coletiva de imprensa.

Foto: AFP - Torcedores do BragaBull foram até Montevidéu prestigiar o time em sua primeira decisão continental

Wesley Alencar

Jornalista desde 2017, formado pela Universidade São Judas Tadeu, e atuante como redator desde 2015. Passagens pelas rádios Max FM Cotia e Meteleco.net, além de outros portais de esportes e entretenimento. Cubro as principais informações de Flamengo, Palmeiras, São Paulo e Corinthians.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias