Copas Internacionais

Flamengo e Corinthians celebram acordo polêmico contra a Conmebol

Acordo vai de encontro ao que a entidade determina sobre público visitante

Torcida Flamengo
Torcida Flamengo

Flamengo e Corinthians celebraram um acordo essa semana sobre um aumento significativo na presença de torcedores visitantes tanto na Neo Química Arena quanto no Maracanã. Na visão do clube paulista, o pacto foi celebrado sob os principios da reciprocidade e aumentará para quatro mil a capacidade máxima de público visitantes nos jogos da Libertadores.

Embora os estádios tenham capacidades diferentes, ficou acertado um número fixo de torcedores visitantes em cada jogo: serão 4 mil flamenguistas em Itaquera e outros 4 mil corintianos no Rio de Janeiro. A informação, publicada pelo "Meu Timão", foi confirmara pelo globoesporte.

Mais notícias do Futebol brasileiro

Jogador pode ser condenado a qualquer momento e ir para a cadeia por tragédia

'Ele não'; descubra por que o Bahia contratou um atleta acusado de homicídio

O acordo vai de encontro ao que diz o regulamento da Conmebol que permite até 2 mil torcedores visitantes nos estádios. Embora tenha descrito de forma acintosa, não há punição para os clubes que desejam fazer acordos, como os celebrados por Corinthians e Flamengo, sobre a receptividade de mais torcedores.

O Corinthians estabeleceu o valor do ingresso visitante em R$ 140 (R$ 70 a meia-entrada, que corresponde a 40% da carga). A tendência é de que cerca de 44 mil torcedores estejam em Itaquera na noite de terça-feira. Ainda não foram divulgados os valores para os ingressos da volta, no Maracanã, a carga de ingressos é de responsabilidade do Flamengo.

Diretorias tem histórico de acordos

As diretorias de Flamengo e Corinthians quase que sucessivamente já realizaram acordos semelhantes em outras ocasiões, para que os torcedores visitantes tenham mais lugares nos estádios. A última vez que isso ocorreu foi em 2019, quando o Flamengo cedeu até 4,500 lugares para a torcida do Corinthians no Maracanã em resposta a retruibuição da partida na Neo Química Arena.

Jorge Dias

Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie em 2013, mas atuo desde 2008 com textos esportivos. Já trabalhei no Diário Lance! como diagramador e jornalista, de 2010 a 2016. Escrevi para Surto Olímpico, Bola Parada, Torcedores.com e Punteiro Izquierdo.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias