Brasileirão

Valia milhões, ganhou a Copa do Mundo e já ficou sem ter onde morar

Por Romario Paz

Valia milhões, ganhou a Copa do Mundo e já ficou sem ter onde morar

Jogador conquistou a Libertadores, o Mundial de Clubes e a Copa do Mundo

Síguenos enSíguenos en Google News

Müller foi um dos grandes ídolos da história do São Paulo entre o fim dos anos 80 e começo dos anos 90. Atacante goleador, bem técnico e aguerrido, foi campeão da Libertadores da América e do Mundial de Clubes com a camisa do Tricolor, em 1992 e 1993, além do Campeonato Brasileiro de 1991, entre outros títulos naquele período. Ele ainda passaria por outros clubes e pela Seleção Brasileira.

O atacante disputou por três vezes a Copa do Mundo: em 1986, 1990 e 1994, tendo conquistado o título em sua última disputa do torneio, nos Estados Unidos. Ainda teve boa passagem pelo Torino, da Itália, entre 1988 e 1990, onde marcou 26 gols em 74 jogos. Fora do país, ainda jogou no Perugia-ITA e no Kashiwa Reysol-JAP, mas brilhou mesmo no Brasil.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Não joga nada no Corinthians e virou alvo da torcida por jogar mal

O São Paulo acabou com o Sport, mas o que aconteceu no primeiro tempo foi loucura

Teve três passagens pelo Tricolor Paulista, onde é um dos grandes artilheiros da história do clube. Ele ainda brilhou com as camisas de Santos e Palmeiras, fazendo parte do “ataque dos 100 gols” pelo Verdão, onde conquistou o título do Campeonato Paulista de 1996. Entre 2000 e 2001, jogou pelo Corinthians e conquistou o Paulistão de 2001, novamente sendo comandado por Vanderlei Luxemburgo.

Depois das chuteiras, um drama

Assim que se aposentou em 2004, pelo Ipatinga-MG, Müller começou a estudar para ser comentarista esportivo, tendo tido passagens por algumas das principais emissoras de televisão do Brasil nesse período. Entre 2010 e 2011, revelou que não tinha onde morar, nem tinha plano de saúde tinha, morando na casa de Pavão, seu ex-companheiro no Tricolor.

Tópicos


Mais notícias