Brasileirão

Enquanto Ronaldinho tem Bugatti, o carro de Ronaldo que custa R$ 4 milhões

Por Romario Paz

Enquanto Ronaldinho tem Bugatti, o carro de Ronaldo que custa R$ 4 milhões

Xarás conquistaram dois títulos juntos pela Seleção: Copa América de 1999 e Copa do Mundo de 2002

Síguenos enSíguenos en Google News

Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo estão no coração dos brasileiros e dos amantes de futebol. Campeões do mundo com a Seleção Brasileira em 2002, os xarás brilharam com a camisa amarela, e também conquistaram a Copa América de 1999, quando o “Bruxo” estreou oficialmente pelo escrete canarinho. Na época, o Fenômeno já era o melhor jogador do mundo pela FIFA por duas vezes.

Juntos, os dois brilharam na campanha do penta. R9 foi o artilheiro da Copa do Mundo com 8 gols, enquanto o ex-jogador do Grêmio marcou dois, sendo um deles decisivo nas quartas de final contra a Inglaterra, de falta. Na Espanha, ambos foram rivais por Barcelona e Real Madrid, e quase sempre era R10 quem levava a melhor, como no dia em que saiu aplaudido de pé pela torcida rival no Santiago Bernabéu.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Polêmica, o lance de Gabigol no Fla-Flu que revoltou a Diniz

Para surpreender, o jogador que estragou a estratégia do Flu e irritou Diniz

Ex-jogador dos dois clubes, o Fenômeno também aprontou das suas pelos dois lados no “El Clásico”. Ronaldo encerrou a carreira em 2011, pelo Corinthians, enquanto o Gaúcho pendurou as chuteiras só em 2018, embora seu último jogo oficial tenha sido em 2015, ainda com a camisa do Fluminense. Fora dos gramados, tanto Ronaldinho como o Fenômeno gostam de ostentar.

As máquinas dos Ronaldos

Na época do Barça, R10 ostentava vários carros de luxo, entre eles um Bugatti Veyron, avaliado em cerca de R$ 16 milhões atualmente. Durante sua passagem pela Inter de Milão, Ronaldo se tornou “Fenômeno”. Com a camisa Nerazurri, foi eleito o melhor do mundo pela segunda vez em 1997 e foi presenteado com uma Ferrari 599 GTO, avaliada em R$ 3 milhões. Ele ainda seria o melhor do mundo em 2002, e seu xará ganharia o prêmio em 2004 e 2005.

Tópicos


Mais notícias